VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Linha da Frente: Fragrâncias de Chocolate (2016)

por: Miguel Matos, Dr. Marlen Elliot Harrison, Jodi Battershell, Yi Shang, Stefanie Jähn

Com o Dia de São Valentim à porta, cinco escritores do Fragrantica de todo o mundo desfrutaram da oportunidade de discutir seus aromas favoritos de chocolate. Incluimos uma lista alargada de perfumes incluindo nicho, designer e mass market do passado e presente em Linha da Frente: Fragrâncias de Chocolate (2016).

MIGUEL MATOS: As fragrâncias de chocolate não são a minha praia, mas Kokorico de Jean Paul Gaultierinstantaneamente me seduziu quando eu o cheirei pela primeira vez em 2011. Este é um aroma polvoroso de cacau amargo e as especiarias fazem o cacau explodir. Sinto algo parecido com cardamomo ou pimenta preta, apesar de isto não estar referido nas notas.
Esta é uma criação típica do perfumista Olivier Cresp, pois ele é o pai dos gourmands e ele gosta de nos surpreender de vez em quando com um novo toque do gênero. Afinal, foi ele que criou Angel!
A onda amarga atalcada é prolongada com um terroso patchouli. A silagem é sexy e assertiva, mas mesmo assim elegante e não doce ou exagerada ou mesmo enjoativa como o chocolate como normalmente eu sinto o chocolate nos perfumes. Ele é de fato um pouco nicho, e talvez seja essa a razão pela qual ele não foi um sucesso de vendas e mais tarde ou mais cedo eu suspeito que será descontinuado e difícil de achar.
Finalistas: Guerlain L'Instant Pour Homme Extreme, M. Micallef Akowa, Tom Ford Black Orchid, Valentino Uomo, Sarah Jessica Parker Covet
MARLEN HARRISONComptoir Sud Pacifique, uma casa de fragrâncias de nicho fundada nos anos 1970, que se tornou conhecida por suas fragrâncias gourmand, em especial com suas baunilhas. Contudo, foi com sua edição de 1993 Amour de Cacao que a marca ganhou meu coração, ou seja, meu nariz. Este foi o primeiro perfume com tema de chocolate que eu experimentei (em 1999) e foi ele que iniciou minha busca por mais coisas boas de chocolate; quase vinte anos depois ainda mantenho um frasco em minha coleção.
Apesar de não ser tão rico nem obscuro como os outros perfumes nesta categoria (por exemplo. Bond 9 New Haarlem), Amour de Cacao é como uma leve cobertura de pó de chocolate; é mais uma brisa do que uma tempestade. E uma vez que a longevidade e a silagem são também modestas, eu acho Amour de Cacao um perfeito gourmand de tempo quente que nunca é demais. Com uma composição simples de cacau, laranja, carambola & baunilha, Amour é como um delicioso e crocante biscoito de chocolate com um topping de frutas exóticas.
Finalistas: Dior Homme Intense, Givenchy Very Irresistible for Men, Mugler Angel Taste of Fragrance, Yves Rocher Neonatura Cocoon e Cartier Le Baiser du Dragon
JODI BATTERSHELL: Axe (ou fora dos EUA, Lynx) Dark Temptation da perfumista Ann Gottlieb é como uma daquelas exóticas trufas de chocolate artesanal que acasala deliciosamente o chocolate preto com um ingrediente unesperado, possivelmente até salgado. É um perfume de chocolate incrivelmente complexo e duradouro na forma de um spray corporal que tipicamente custa menos de $5.
O meu primeiro encontro com esta fragrância foi com um colega de trabalho mais velho que cheirava maravilhosamente. Apesar do meu genuíno interesse e elogios, precisei de o convencer para me confessar com vergonha que estava a usar Axe body spray dirigido a homens 40 anos mais novos.
Eu acho que não há vergonha nenhuma em querer cheirar bem, seja qual for sua idade, e não se envergonhe em admitir que gosta de uma fragrância muito barata e de massa! Tudo gira em torno do cheiro e Dark Temptation cheira muito bem!
Finalistas: House of Matriarch Coco Blanc (White Chocolate), En Voyage Indigo Vanilla (White Chocolate), Andy Kaufman Milk & Cookies, Olympic Orchids Seattle Chocolate, qualquer perfume de chocolate da Demeter.
YI SHANG: No que diz respeito a perfumes gourmand inspirados em sobremesas, podemos facilmente encontrar um lindo monólogo de cacau, ou um tocante dueto cantado pela baunila e pelo chocolate. Raramente me cruzo com um grande número de musical como 1969 Parfum de Revolte de Histoire de Parfums.
Há um pouco de femme-fatale-em-casual-chic escondido no coração. Composto por Gerald Ghislain, 1969 acorda os sensos com uma adorável compota de rosa escura, especiada e salgada sobre cobbler de pêssego servido com molho de chocolate mexicano. O que permanece por dias, é o calor do almiscar e patchouli, com um toque de pó de chocolate, do tipo que podemos encontrar esquecido no pacote depois do chocolate ter desaparecido.
1969 tem magia, e isso me inspirou a me deliciar neste chocolate especialmente caro, guardado para consumo em ocasiões especiais. Oh, sem as calorias, é claro.
Finalistas: Bittersweet de Tokyo Milk Parfumarie Curiosite, Vanille Noire du Mexique de La Maison de la Vanille, Angel de Thierry Mugler, Elixir Charnel Gourmand Coquin de Guerlain, Brazil Nut de The Body Shop
STEFANIE JÄHN: Muito recentemente aprendi a apreciar verdadeiramente as fragrâncias gourmand, mesmo assim prefiro elas com um toque especial. Orchidee Vanille da Collection Extraordinaire de Van Cleef & Arpelsimplementa isso ao combinar chocolate preto e rico com um toque frutal de laranja e amêndoas glacé. É delicioso e satisfatoriamente doce mas simultaneamente sofisticado e elegante com um suave almíscar que acrescenta um certo calor e envolve as outras notas numa sensação de caxemira.
Composto por Randa Hammami, tem boa silageme longevidade. Três sprays geram uma bela núvem de perfume por cerca de 8 horas; coisa que eu espero pelo preço. A embalagem corresponde perfeitamente À herança de joalheiro e pode facilmente conter tanto um belo colar  como este pesado frasco de vidro.
Finalistas: Perfumes by Terri (agora Kyse Perfumes) Mandorlo Cioccolato, Perfumes by Terri (agora Kyse Perfumes) Elegance Sombre, Guerlain L'Instant Pour Homme, Yves Rocher Neonatura Cocoon

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE O QUE VOCÊ ACHOU DA NOSSA MATÉRIA!