VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

domingo, 31 de agosto de 2014

Tendências em sapatos de inverno

As propostas da indústria para o inverno foram bem delineadas e estão nas lojas desde o começo do inverno. Os estilos são muito variados e já vou dizendo que nem tudo é usável. Um pouco de cor de mais, brilho, e algumas coisas que vão ficar encostadas no guarda-roupas após a moda passar, e sabe-se lá quando ela volta. Na pegada da moda ainda estão os resquícios dos anos 70 e de todo o alvoroço que causou durante alguns meses deste ano. É claro que a moda exige uma renovada no estilo para não parecer que você roubou o sapato da sua mãe. Então vão utilizando as cores da moda e os destaques que um ou outro famoso colocam em cena. Tem coisas cafonérrimas,  que te deixam parecendo a Joelma do Kalipso, só que sem os fãs cegos.  Use do seu bom senso pois , com tanta informação, vai necessitar. Vamos lá!?


1. Bota over the kneeo
Uma nostalgia dos anos 70 que ganhou as pernas das mulheres mais altas e mais magras. É fato que , esse tipo de bota nem entra em mulheres com pernas grossas e fica terrível em mulheres muito baixa ( parece que estão de meia calça de couro) , porém o efeito é muito legal.  Com cano alongado acima do joelho – de volta para o circuito fashion. podem ser  em verniz, camurça e até animal print. Com ou sem salto  pode ser Combinada com meia-calça na mesma tonalidade para afinar e alongar a silhueta.

2. Glitter
O glitter ganha os calçados e dá um efeito despojado e jovem , combinando com muita beleza e elegância. A coleão da Saint Lauret  assinada por Hedi Slimane trouxe a tendência para as ruas e as versões estão no cano alto e nos sapatos baixos. Preto  e prata com adornos e saltos em bloco aliam conforto e glamour.Ideal para roupas monocromáticas e sóbrias pois quebra o gelo.
3. Botas de Cano médio
Botas de cano médio, até o meio da canela fazem um estilo que promete voltar nos próximos invernos. Podem ser de modelos Cowboy ou simplesmente de bico quadrado e salto grosso, não é tão marcante e tem um apelo mais urbano, totalmente voltado para calças de alfaiataria ouskinny de tom semelhante a  bota. Alonga  a silueta e cria um visual casual elegante.



 
4. Salto grosso
Na sandália, na bota, no scarpin: o salto grosso, em formato de bloco, agrada não só aos fashionistas, mas também aos pés dos fashionistas. A glória em formato de salto, ele traz casualidade aos looks e proporciona muito mais conforto do que o salto fino. Para quem trabalha de salto alto diariamente, é uma ótima notícia – e a tendência tem tudo para permanecer nas ruas durante muito tempo.
5. Mary Jane
Depois de várias estações que contemplavam o minimalismo e a androginia, a feminilidade e o estiloladylike voltam a fazer a cabeça – ou os pés – da mulherada. De salto alto, médio ou baixo, os modelos Mary Jane são o complemento perfeito para saias (mídi, míni ou máxi) e vestidos. A novidade maior fica por conta da diversidade de materiais – do verniz ao glitter, o sapatinho de boneca rouba todas as atenções do look e faz um contraste bacanérrimo com peças em materiais mais urbanos, como jeans e couro.
6. Bico fino
Aquela bota de bico fino que você usava no começo dos anos 2000 (e está guardada no fundo do armário)? O scarpin? A mule? Pode trazer todos esses itens de volta para o centro do closet. Naturalmente sexy, o shape slim dos sapatos com bico fino é versátil e vai do escritório ao happy hour – tudo depende da combinação do look. A novidade fica por conta dos detalhes aplicados a cada peça: franjas, tachas, estampas, cadarços e amarrações.
7. Tênis
Para a felicidade de muitas, o tênis – com alusão ao universo esportivo ou não – segue firme e forte nesta temporada. O que muitos acharam ser tendência passageira acabou virando clássico, e hoje misturar um tênis de corrida (novinho e limpinho, ok?) com calça de alfaiataria, camisa branca e maxicolar já é tido como “normal”. Para aderir à trend, basta escolher seu sneaker preferido e ter muito estilo.
8. Sandálias minimal
Duas tiras: uma para prender os dedos do pé, e outra para o fechamento acima do tornozelo, deixando o pé em formato delicado e sexy. A sandália minimal de salto fino (alto ou até médio) não é novidade para ninguém, mas retornou do fundo dos closets ao virar febre com o modelo lançado pela grife francesa Givenchy. De Blake Lively a Rihanna, não há uma it girl hollywoodiana que não tenha garantido seu par. Hoje, o modelo pode ser encontrado nas mais diversas marcas e com uma gama incrível de cores e materiais; pela versatilidade do sapato, vale o investimento por muitas estações.


9. Sapatilha com salto rasteiro
A sapatilha de bico arredondado vem mais feminina do que nunca neste inverno: com salto bloco rasteiro, ela dá o tom ladylike-retrô que define a moda desta temporada, com Jane Birkin e Twiggy como musas absolutas. Além de atualizar e trazer mais elegância à tradicional sapatilha, o detalhe do salto transforma qualquer jeans e camiseta em look absolutamente chique e moderno (isso sem falar no conforto, né?).

10. Verniz
Lembra quando o verniz estava em absolutamente todos os sapatos e bolsas, lá por volta de 2006/2007? Depois daquele período, a moda deu um descanso para o material de efeito molhado – e, agora, ele faz seu retorno e toma conta dos nossos closets de novo. A diferença de 2015 para 2006, no entanto, é que agora o verniz é usado para criações mais ousadas – como botas over the kneeankle boots e até na altura do joelho (com todos os bicos e saltos imagináveis). O clima anos 1960/70 tem influência total aqui, fazendo com que a textura brilhosa apareça em preto e em tons primários, como o vermelho e o laranja, e abra portas para looks jovens e moderninhos. Saint Laurent apostou na tendência, Dior, durante a temporada de Couture, também. Alguém duvida de que vai ser hit?
 

Como o verão vem chegando os óculos de sol são tão indispensáveis quanto um bom protetor solar. As opções para essa

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Aigner N°1 Oud


por:
 Ivana

Aigner N°1 Oud é a última edição de Etienne Aigner à coleção AIGNER N°1, que já inclui quatro fragrâncias. A nova versão—Oud é inspirada no Médio Oriente e é a encarnação do luxo, qualidade e modernidade. Contudo, o perfume continua as tradições da casa Aigner e mantém o espírito da coleção.
Aigner N°1 Oud abre com aromas especiados de coentro, canela e noz moscada. O coração bate num ritmo floral de jasmim, rosa, violeta e cravinho da índia. A nota mais expressiva é, claro, o oud, acompanhado de acordes de couro, cashmeran e açafrão.
Notas de topo: coentro, canela, noz moscada
Coração: jasmim, rosa, violeta, cravinho da índia
Base: oud, couro, cashmeran, açafrão
O frasco da nova fragrância emfatiza sua elegância e luxo, assim como o caráter quente dado pelas especiarias. A forma do frasco permanece a mesma das edições anteriores, mas a sua cor é um castanho escuro. É decorado com a inscrição do nome e uma tampa dourada.
Aigner N°1 Oud chega ao mercado em Setembro de 2014, em 50 e 100 ml EDT.
Fonte: Cosmoty.de

Vogue Paris: Editorial com Seis Novas Fragrâncias

No novo editorial assinado por Giampaolo Sgura para a Vogue Paris de Setembro de 2014, a top model Magdalena Frackowiak posa com seis fragrâncias de seis grandes casas de design, cada uma reproduzindo o estilo específico e a assinatura de cada casa. Elas são: Chanel Coco Noir L'Extrait, Bottega Veneta Knot,Burberry My BurberryGivenchy Dahlia DivinYves Saint Laurent Black Opium e Chloe Love Story.
Jacques Polge,Christopher Sheldrake

Notas de topo:toranja,bergamota
Coração:jasmim, rosa, narciso, gerânio
Base:patchouli, fava tonka, sândalo, baunilha,olíbano,almíscar branco
Daniela (Roche) Andrier

Notas de topo:clementina,tangerina, lima, neroli, flor de laranjeira
Coração:peónia, rosa branca, lavanda
Base: almíscar, tonka
Notas de topo: bergamota,ervilha de cheiro
Coração:gerânio, frésia,marmelo
Base:patchouli, rosa damascena, rosa centifolia

 
Francois Demachy

Notas de topo: ameixa Mirabelle
Coração: jasmim, flores brancas
Base: patchouli,vetiver, sândalo

 
Nathalie Lorson,Marie Salamagne,Olivier Cresp,Honorine Blanc

Notas de topo:pimenta rosa, flor de laranjeira, pêra
Coração:café, jasmim
Base: baunilha, patchouli, cedro
Notas de topo: neroli
Coração: flor de laranjeira,stefanotis
Base: almíscar, cedro

Guerlain Coque d'Or (2014)


por:
 Sanja Pekic

Em Setembro de 2014, a Guerlain lança a reedição de sua fragrância vintage Coque d'Or de 1937. O perfumista Thierry Wasser adapta a antiga fórmula criada por Jacques Guerlain de acordo com as modernas regras de segurança standard da indústria. Contudo, se quiser experimentar as fórmulas antigas com os ingredientes originais, pode fazê-lo visitando o museu de frascos de perfume da Maison Guerlain.

Coque d'Or de 1937, batizado a partir do nome francês para a ópera de Nikolai Rimsky-Korsakov, significa "concha de ouro." Jacques Guerlain dedicou-o a seu amigo Sergei Diaghilev, fundador do Ballet de Russe. O perfume vinha em frascos Baccarat azul cobalto com o formato de um laço coberto de ouro, desenhado por Jean-Michel Franck.


Guerlain relança Coque d'Or como uma edição exclusiva vintage usando um pequeno número de frascos originais Baccarat vindos do arquivo. A fragrância é chipre, frutada, floral e almiscarada. Abre com acordes de aldeídos, bergamota, frutos, anis e lavanda. O coração é composto de jasmim, cravo, ciclame e raiz de orris com tons amadeirados e orientais de vetiver, patchouli, bálsamo de tolu e almíscar, sobre uma base de musgo, civet e baunilha.
Guerlain Coque d'Or (2014)

Notas de topo: aldeídos, bergamota, frutos, anis, lavanda
Coração: jasmim, cravo, ciclame, raiz de orris, patchouli, vetiver, bálsamo de tolu, almíscar
Base: musgo, civet, baunilha
Guerlain Coque d'Or (2014) está disponível em apenas 29 cópias nos frascos originais de 190 ml pelo preço de 17,000 Euros, o que faz desta a mais cara edição Guerlain edition até agora.