VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sábado, 28 de novembro de 2015

Elie Saab Le Parfum Rose Couture

por: Sanja Pekic

O designer Elie Saab lançou sua primeira fragrância chamada Le Parfum em 2011. A última edição Elie Saab Le Parfum Rose Couture chega em Fevereiro de 2016. Criada pelo perfumista Francis KurkdjianRose Couture deriva do coração do original e suas notas de assinatura de flor de laranjeira, complementadas com pétalas de rosa.

A composição começa com uma combinação de flor de laranjeira, pétalas de rosa acetinadas e peônia. O coração continua com acordes de néctar de rosa, nuances frutais, jasmim e baunilha. A base apoia tudo isto com um acorde amadeirado de patchouli e sândalo.
Notas de topo: flor de laranjeira, peônia, rosa
Coração: rosa, jasmim, baunilha, notas frutais
Base: sândalo, patchouli


O novo rosto é a modelo Toni Garrn. A caixa de Rose Couture é pintada em rosa pastel e decorada com motivos de bordados de rosa. A fragrância está disponível em 30, 50 e 90 ml Eau de Toilette.

Aromas de Natal: Parte II, Canela

por: Juliett Ptoyan

 
Continuamos a discussão sobre aromas de Natal e Ano Novo! O primeiro artigo desta série foi sobre o pinheiro (e que tal as outras coníferas? Falemos sobre elas num fututo próximo...), e hoje gostaria de examinar aquele que é provavelmente o mais invernoso de todos os ingredientes.
Leia o artigo anterior de Juliett sobre o pinheiro AQUI.
 
O que pensa quando ouve a palavra "canela"? Suponho que as primeiras associações sejam fortemente cheirosas, como os pauzinhos castanhos de madeira; ou os malditos buns da Cinnabon (oh, 1,200 kcal cada um? Que pena!); ou vinho quente feito em casa e bolinhos de Natal? Cinnabar de Estee Lauder? Theorema de Fendi?Alambar de Laboratorio Olfattivo?
 
Preparar a canela para vender é um processo muito longo: após 2 anos de sua plantação, os agricultores têm de cortar o talo (que dá origem a novos caules). Um ano depois, (e regularmente) os novos ramos são cortados, suas folhas são retiradas, e os produtores limpam a camada exterior do cortex. A camada interior é normalmente dividida em tiras e deixada a secar - depois disto, os paus de canela podem ser comprados em qualquer mercado de qualquer país.
 
Esquerda: paus de cassia (Cinnamómum aromáticum), crescendo na China e Indonesia.
Direita: paus de canela de Ceilão (Cinnamomum verum) da Ilha do Sri Lanka.
 
A propósito, é fácil ser enganado nas lojas e comprar paus de cassia, também chamada canela bourbon ou canela chinesa (ou Indonésia). Tem um aroma agradável e semelhante (ligeiramente mais pungente e menos intenso), tem ótimo aspeto, mas não pode ser dobrada  - apesar de não haver nada em comum entre a cassia e a canela. A forma mais fácil de identificar um produto é pela aparência: verdade, a canela (Ceilão) tem uma cor clara, casca fina (até 1 mm) e pode não ter tão bom aspeto como a cassia (mas não a vamos fotografar, pois não?). No mercado pode também encontrar canela do Malabar (menos fragrante e com casca mais grossa, cerca de 3 mm). Em casa, pode facilmente moer apenas a espécie de Ceilão; as outras são demasiado duras.
 
O óleo essencial de canela é normalmente destilado em vapor ou em extração CO2, e o processo não é tão simples: após o contacto com o ar, o cinnamal (o odorante principal da canela, em 50 a 75%) pode oxidar e converter-se em ácido cinâmico. O óleo de qualidade tem um cheiro suave, especiado, doce e não muito forte; 1 kg de casca de canela rende 5-10 ml de óleo.
 
 
O cheiro da cenela é identificável em muitas fragrâncias modernas e vintage, e seu aroma varia dependendo das composições; esta especiaria é raramente servida como "prato principal."
 
Em Eau Lente de Diptyque sua silagem ardente, apimentada e muito rápida se derrete instantaneamente e deixa um cheiro rente à pele; em Dolce Vita - suave, quase transparente e quente, como o ar nos últimos dias de verão; em Opium e Youth Dewela parece amadurecida, surpreendentemente suculenta, como que embebida em licor. Um toque de canela - uma bela canela caramelizada de confeitaria - é a que podemos encontrar em Lann-Ael de Lostmarch e Morphine de X-Ray (aqui em fusão com mel).
 
Esta nota é altamente apreciada em aromas para a casa e em produtos de cuidado corporal: lá está ela em coleções festivas da Yankee Candles, L'Occitane (a calorosa Cannelle Epices pode ser encontrada nas boutiques da marca), Bath & Body Works, Ikea; belas fragrâncias gourmand que se podem encontrar nas Lampe Berger.
 
 
Contudo, a canela não é tão simples como parece: o cinnamal está sob restrições do IFRA e os perfumistas não a podem usar em mais de 0.05% de composto; isto se deve à sua capacidade de potenciar a sensibilização da pele à luz do sol. O uso do óleo de canela em casa é também um desafio: tem de ser diluído numa grande (mesmo grande) quantidade de óleo de base, caso contrário pode se queimar - nada de terrível, claro, mas desagradável.
 
 
O que pensa do cheiro da canela? A que é que o associa? Tem alguma fragrância favorita com esta nota?
 
Desejos de um fim de semana cheiroso!
 

Elie Saab Le Parfum Rose Couture

by: Sanja Pekic

The high-end fashion designer Elie Saab launched his first fragrance named Le Parfum in 2011. The latest edition Elie Saab Le Parfum Rose Couturecomes out in February, 2016. Created by the perfumer Francis KurkdjianRose Couture is derived from the heart of the original and its signature notes of orange blossom, complemented by rose petals.

The composition begins with a combination of orange blossom, silky rose petals and peony. The heart continues with accords of rose nectar, fruity nuances, jasmine and vanilla. The base tops it all with a woody accord of patchouli and sandalwood.
Top notes: orange blossom, peony, rose
Heart: rose, jasmine, vanilla, fruity notes
Base: sandalwood, patchouli


The new face is model Toni Garrn. Rose Couture's bottle is tinted in pastel pink and decorated with embroidered motifs of rose. The fragrance is available as 30, 50 and 90 ml Eau de Toilette.

Monsoon Rose Gold

by: Sandra Raicevic Petrovic

The house of Monsoon celebrates roses and at the end of November launches Rose Gold which will delight all fans of intoxicating floral fragrances supported with warm, comfortable notes. Rose Gold exudes glamour and femininity, while placing roses in the spotlight both in composition and in advertising campaign.
The luminous opening of the composition is created of lemon notes, juicy fruit and ozone, illuminating a floral harmony in the heart composed of velvety roses, tuberose, neroli and cyclamen. Warmth originates from musk, woody notes, vanilla and amber, intertwining with shades of moss.
MONSOON ROSE GOLD
edition 2015
lemon, fruity notes, ozone
rose, tuberose, neroli, cyclamen
musk, vanilla, woody notes, amber, moss
The interesting campaign which places the flacon of fragrance Rose Gold among blooming roses makes the fragrance even more attractive. Monsoon Rose Gold is available as 30 and 100ml Eau de Parfums on the official website of Monsoon.co.uk(can be ordered only in UK). Price of the fragrance 30ml EDP is 24 pounds, while 100ml EDP flacon will cost you 35 pounds.

Christmas Scents: Part II, Cinnamon

by: Juliett Ptoyan

 
We're continuing the discussion about scents of Christmas and New Year! The first article from this series was about spruce (how about other conifers? Let's talk about them in the near future...), and today I'd like to examine maybe the most wintery of all ingredients.
Read Juliett's previous article about spruce HERE.
 
What do you think about when hearing the word "cinnamon"? I suppose, the first assotiations are heavenly-scented, brown, woody sticks; or devilish buns from Cinnabon (oh, 1,200 kcal per bun? What a pity!); or homemade mulled wine and Xmas cookies? Cinnabar by Estee Lauder? Theorema by Fendi? Alambar by Laboratorio Olfattivo?
 
Preparing cinnamon for sale is a very long process: after 2 years from planting, farmers have to cut off the stalk (which gives birth to new stems). A year after that, (and then regularly) young branches are cut, peeled of their leaves, and producers clean them from the top layer of the cortex. The inner layer is usually divided into strips and left to dry - after this, cinnamon sticks can be bought at any market in just about any country.
 
Left: cassia sticks (Cinnamómum aromáticum), growing in China and Indonesia.
Right: Ceylon cinnamon sticks (Cinnamomum verum) from the island of Sri Lanka.
 
By the way, it is easy to be deceived in the stores and to buy cassia sticks, which is also called Chinese (or Indonesian) cinnamon. It has a similarly pleasant scent (slightly more pungent and less intense), looks great, but may not be twisted at the sides - but there's almost nothing in common between cassia and cinnamon. The easiest way to identify a product is by appearance: true (Ceylon) cinnamon has a light color, fine (up to 1 mm) bark and may not look as good as cassia (but we aren't going to photograph it, are we?). On the market you can also meet Malabar cinnamon (less fragrant and with thick bark, about 3 mm). At home, you can easily grind only the Ceylon sort; the rest are too hard.
 
The essential oil of cinnamon is usually distilled with steam or by CO2 extraction, and the process is not so simple: after contact with the air, cinnamal (cinnamon's principal odorant, in 50 up to 75%) may oxidize and convert into cinnamic acid. Quality oil smells soft, spicy, sweet and not too loud; 1 kg of cinnamon bark turns out 5-10 ml of oil.
 
 
The smell of cinnamon is noticeable in many modern and vintage fragrances, and its scent varies depending on the arrangements; this spice is rarely served as a "main course."
 
Thus, in Eau Lente by Diptyque it's burning, peppered and very rapid - sillage melts instantly and leaves the smell close to the skin; in Dolce Vita - soft, almost transparent and warm, as the air in the last days of summer; in Opium and Youth Dewit seems mature, surprisingly juicy, as if soaked in a liqueur. A hint of cinnamon - a beautiful, confectionery, caramel cinnamon - we can find in Lann-Ael by Lostmarch and Morphine by X-Ray (here it merges with honey).
 
This note is highly appreciated in home scents and body care products: check it in festive collections from Yankee Candles, L'Occitane (warm Cannelle Epices could be found in the boutiques of the brand), Bath & Body Works, Ikea; wonderful gourmand fragrances you may find at Lampe Berger's counters.
 
 
However, cinnamon is not as simple as it seems: cinnamal came under restrictions of IFRA and perfumers cannot use it more than 0.05% on compound; this is due to this ability to increase the skin's sensitivity to light. The use of cinnamon oil at home is also the quest: it must be diluted in a large (really large) amount of the base oil, otherwise you may get burned - nothing terrible, of course, but nothing pleasant too.
 
 
What do you think about the smell of cinnamon? What do you associate it with? DO you have favourite fragrances with this note?
 
Wishing you a fragrant weekend!
 

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Tory Burch Perfume, Tory Burch Jolie Fleur Collection

por: Sandra Raicevic Petrovic


Tory Burch lançou sua primeira fragrância em 2013, e acompanhou-a com uma coleção de maquilhagem e cosméticos, e uma vela perfumada. A coleção inclui um colar com um pendente que contém perfume sólido Tory Burch. A segunda fragrância da coleção Tory Burch Absolu foi apresentada em 2015, quando o mercado deu também as boas-vindas à versão em puro perfume do perfume original Tory Burch num belo frasco de vidro rodeado de uma "rede" dourada. Tory surpreenderá os fãs de sua coleção com uma linha especial Tory Burch Jolie Fleur em três fragrâncias: Jolie Fleur Bleue, Jolie Fleur Rose e Jolie Fleur Verte.
"Tory Burch Perfume é a mais concentrada forma da primeira fragrância Tory Burch. O aroma captura elementos clássicos de forma inesperada. Feminino e maria-rapaz. Fácil e polido. As peônias e as tuberosas combinam com crepitantes notas cítricas de toranja e neroli — ancoradas por um terroso vetiver. A concentração duradoura e intensa amplifica as notas principais, tornando-as mais ricas e complexas. Apresentado numa caixa laranja, o frasco com armação dourada é um complemento super-chique a qualquer boudoir." - Tory Burch.
A composição do perfume Tory Burch repete as notas do primeiro perfume e combina toranja, pimenta rosa, cassis, neroli e tangerina nas notas de topo.
O coração é uma combinação de mimosa, jasmim sambac, peônia, tuberosa, sweet alyssum e semente de cenoura, enquanto a base salienta o sândali, vetiver, almíscar branco e cedro. A fragrância Tory Burch Perfume está disponível em 15ml pelo preço de $325 no website oficial Tory Burch.
A nova coleção, Jolie Fleur, repete o design do frasco de Tory Burch e Tory Burch Absolu agora disponível em rosa pálido, verde e azul. As cores das caixas e do líquido estão de acordo com os nomes das fragrâncias criando uma suave e feminina trilogia inspirada nas flores do jardim de Tory Burch.
JOLIE FLEUR VERTEJOLIE FLEUR ROSE
tuberosa, toranja, sândalo,  vetiver
lírio do vale, tangerina, neroli, jasmimrosa, rosa chá, almíscar, cashmeran
 
Tory Burch Jolie Fleur Bleue é dedicado à tuberosa que cria uma elegante mistura com toranja, sândalo cremoso e o vetiver terroso. Tory Burch Jolie Fleur Roseexprime os aromas de roseiras do jardim de Tory Burch, entre as quais ela escolheu flores românticas e clássicas de rosa e rosa chá, rodeadas de acordes modernos de cashmeran e almíscar. Tory Burch Jolie Fleur Verte celebra o frescor cítrico-verde do orvalhado lírio do vale, enriquecido com a suculenta tangerina, neroli e jasmim. As fragrâncias da nova coleção estão disponíveis em 50 e 100ml Eau de Parfum pelo preço de $90 por 50ml EDP e $120 por 100ml EDP.

Frédéric Malle: Novas Caixas em Edição Limitada

por: Evgeniya Chudakova

Em 2012 a Édition des Parfums Frédéric Malle apresentou duas caixas em edição limitada que eram edições de colecionador, contendo diferentes conjuntos de fragrâncias em caixas gravadas.
Em 2015 a casa faz a mesma coisa, coincidindo este lançamento com o 15º Aniversário da marca.

"Por ocasião do nosso 15º aniversário, concebi duas caixas de coleção em edição limitada: uma contém toda a coleção Editions de Parfums e a outra oferece os 10 perfumes que os homens preferem."Frédéric Malle
Estas caixas de coleção vêm com um spray de viagem em baquelite, fiel à estética utilitária e minimalista da nossa casa.
Esculturas Phillip Low
"Finalmente, comissariei o artista americano Phillip Low para criar esculturas cujas cores representassem os nossos perfumes: estes trabalhos são apresentados num livro que conta a carreira dos perfumistas e a descrição olfativa de cada uma de suas criações."Frédéric Malle
 
Data de lançamento: Novembro-Dezembro de 2015
 
Preço recomendado:
$590 a caixa de toda a coleção
$365 a caixa de dez fragrâncias preferidas pelos homens
 

By Kilian Some Like It Hot: To Russia With Love (2015) {New Perfume}


By_Kilian_some_like_it_hot.png
French niche brand By Kilian, which have veered more haute and luxe in the recent period, are launching a new perfume called Some Like it Hot in their The Art of Love collection, which takes a page from the history of Russian imperial magnificence as inspiration...
The flacon by Pochet du Courval and Solev is a modern - and reportedly innovative - update on the famous Fabergé eggs. The technical challenge for the artisans and industrialists was to create a "perfect surface".
Like the annual surprise enshrined in them for the Tsar of Russia, each fragrance copy holds a surprise, which for the label is by choice a love-making accessory, this time a black silk cord for playing games of sexual submission.
By_Kilian_art_of_love.png
The composition is signed by French perfumer Calice Becker of Givaudan, who has mentioned that she has been culturally influenced by her Russian family roots. The eau de parfum mixes notes of hazelnut (noisettes; леснoй орех) - Russians love to dwell in foresty smells - lychee and Turkish rose, the latter seen as a fitting symbol of romantic love. It is a common olfactory thread running throughout this library dedicated both to Russia and love, 50-Shades-of-Grey style perhaps more than Billy-Wilder style.

Conheça o luxo da grife Comme des Garçons e suas fragrâncias


Hoje em dia, se existe uma marca no segmento de luxo que é desejada por moderninhos, descolados e endinheirados, atende pelo nome de COMMES des GARÇONS. Apesar do nome francês, a marca japonesa é considerada uma das mais expressivas e ousadas do mundo, que ao não seguir regras e tendências, tão comuns no universo da moda, cativou uma legião de fãs com dinheiro de sobra para comprar seus surpreendentes e criativos produtos.
A históriaA marca COMME des GARÇONS (do francês, “tal como meninos/rapazes”), criada pela estilista japonesa Rei Kawakubo, traz em seu DNA uma intensa vontade de reinventar e transformar as roupas, dando a elas novas traduções. Provavelmente, essa proposta conceitual de moda é fruto de suas formações: ela estudou filosofia, arte e literatura na Universidade Keio e trabalhou, no início da carreira, em uma tecelagem (vem daí, talvez, seu trabalho primoroso com os tecidos e as estampas). Em 1967 começou a trabalhar como estilista freelancer, o que representava um avanço, já que essa era uma carreira rara e incomum na sociedade japonesa, e chamou a atenção da crítica especializada seja por sua inteligência e personalidade vanguardista, seja por sua maneira de desconstruir a perfeição comum.

Dois anos depois ela criou as primeiras peças femininas da COMME des GARÇONS, que foi fundada oficialmente na cidade de Tóquio somente em 1973 para comercializar suas coleções. Não demorou muito para a ousada estilista transformar totalmente os códigos estabelecidos no universo das roupas. A marca inaugurou sua primeira loja em 1975, no badalado distrito de Minami-Aoyama na cidade de Tóquio e, em 1978, lançou sua linha masculina. Na medida em que a marca se tornava bem-sucedida, a estilista começou a assinar acordos com franquias que operariam sob o nome da COMME des GARÇONS. No começo da década de 1980, com 80 empregados no escritório de Tóquio, a marca já vendia US$ 30 milhões por ano, em 150 lojas multimarcas.

A primeira coleção na semana de moda de Paris foi apresentada em 1981, surpreendendo a plateia com suas novas proporções, volumes e a utilização de muito preto. Os críticos e fashionistas em choque reagiram chamando a sua coleção desconstruída de “Hiroshima chic” e “pós-atômico”. Se a imprensa especializada não entendeu suas roupas um tanto masculinizadas, rasgadas e cheias de furos, o público aderiu em cheio, encontrando finalmente uma roupa confortável capaz de expressar uma individualidade e algo a mais do que simplesmente a beleza pré-estabelecida. No ano seguinte a COMME des GARÇONS inaugurou sua primeira loja em Paris. Nesta década a marca criou um enorme alvoroço no mundo da moda com a predominância dos looks em preto e tecidos danificados, passando a impressão de roupas “destruídas”.

Os anos 90 foram marcados pela expansão internacional da marca, inauguração de algumas lojas e pela diversificação de seu portfólio, com o lançamento de sua primeira fragrância, unissex e com um frasco revolucionário. Em 1998, a marca surpreendeu ao lançar o “anti-perfume’ Odeur 53”, um perfume com 53 notas que não são comumente usadas no mundo da perfumaria, dentre as quais oxigênio, metal, roupas secando ao vento, carbono mineral, dunas de areia, esmalte, celulose, ar puro das montanhas, borracha queimada e pedra incandescente. Em 2004 a marca japonesa ousou mais uma vez ao inaugurar na cidade de Berlim a primeira Guerrilla Store, loja com clima de guerrilha, onde se gasta o mínimo de dinheiro possível na decoração interior e cuja proposta é ser temporária, durando no máximo um ano. O sucesso desse conceito (copiadíssimo por outras marcas) foi tamanho que subsequentemente outras unidades também foram abertas em Reykjavík, Varsóvia, Helsinque, Singapura, Estocolmo, Atenas, Beirute, Los Angeles, dentre outras. Na última década a COMME des GARÇONS expandiu sua linha de produtos com o lançamento de moda praia, jóias e até roupas íntimas.

Inovadora desde os convites para os desfiles, das sacolas de papel espelhado até os artistas e atores que desfilam suas roupas no lugar das grandes tops da moda, Kawakubo reconstrói sua grife a cada estação. Afinal, a COMME des GRAÇONS é um constante questionamento não só ao comportamento, mas ao público e à própria marca. A marca também tenta inovar o pensamento sobre a moda ocidental, frequentemente colocando homens de saia nas suas coleções, bem como mulheres de terno, além é claro de brincar com os volumes e texturas, de uma forma um tanto quanto teatral. Sempre avançando, sem medo, cada produção é um convite a caminhar para frente, de olhos bem abertos e passos firmes. À frente da marca japonesa, a estilista faz do vestuário um ato conceitual. Não só inspira jovens estilistas como, muitas vezes, materializa sentimentos que muitos ainda não conseguem traduzir. Kawakubo literalmente usa o tecido como matéria-prima para esculpir sua arte. Toda essa ousadia, que as vezes, ao invés de surpreender choca o mundo da moda, conquistou clientes pra lá de famosos, como por exemplo, Alexander McQueen, Chloe Sevigny, Kanye West, Karl Lagerfeld, Mary-Kate Olsen, Selma Blair e Justin Bieber.

A linha do tempo1978 Lançamento de sua primeira coleção masculina, batizada de COMME des GARÇONS HOMME. Camisas de colarinhos duplos e botões de tamanhos diferentes entre si mostram uma parcela da capacidade da estilista em repensar e reinventar roupas comuns.1983 Lançamento de uma pequena coleção de móveis.1987 Lançamento da COMME des GARÇONS NOIR, coleção feminina com total predominância da cor preta.
 Lançamento da COMME des GARÇONS HOMME DEUX, uma linha de alta alfaiataria para homens.
1988 Lançamento da COMME des GARÇONS SHIRT, uma linha de camisas produzidas na França e vendidas a um preço acessível.1993 Lançamento da JUNYA WATANABE COMME des GARÇONS, coleção feminina assinada pelo estilista Junya Watanabe.1994 Lançamento do primeiro perfume da marca japonesa.1997 Lançamento da coleção Primavera-Verão, batizada de Dress Meets Body, Body Meets Dress and They Are One, que marcou o mundo da moda com seus tecidos grossos e formas improváveis. Essa coleção foi fruto de uma parceria entre Rei Kawakubi e o coreógrafo americano Merce Cunningham.
2001
 Lançamento da JUNYA WATANABE COMME des GARÇONS MAN, coleção masculina assinada pelo estilista Junya Watanabe.
2003 Lançamento da PLAY COMME des GARÇONS, uma linha de roupas jovens para homens e mulheres com espírito streetwear identificada por um icônico coração com olhos puxados, desenhado pelo polonês Filip Pagowski.2005 Lançamento, em parceria com a marca SPEEDO, de uma coleção de moda praia.2006 Lançamento da COMME des GARÇONS PEARL, primeira coleção de jóias da marca.
2007
 Lançamento da coleção de roupas íntimas da marca japonesa.
 Lançamento do perfume COMME des GARÇONS 88 8.
2008● Lançamento de uma coleção de roupas e acessórios para a rede de varejo sueca H&M.2009 Inauguração de uma loja em Hong Kong.2010 Inauguração de uma loja com 1.800m2 e sete andares em Seul, capital da Coréia do Sul. A vitrine do espaço possui 47 metros de largura e 18 de altura. O subsolo abriga a Comme des Garçons SIX Gallery, onde são exibidas exposições de artistas emergentes e renomados. O prédio foi desenhado pela própria Rei Kawakubo.2011 Inauguração de uma loja em Cingapura.2012 Inauguração de lojas em Berlim e Manila.

Dados corporativos● Origem: Japão● Fundação: 1969● Fundador: Rei Kawakubo● Sede mundial: Tóquio, Japão● Proprietário da marca: Comme Des Garcons Co., Ltd.● Capital aberto: Não● CEO: Adrian Joffe● Estilista: Rei Kawakubo, Junya Watanabe e Tao Kurihara● Faturamento: US$ 360 milhões (estimado)
● Lucro: 
Não divulgado● Lojas: + 20● Presença global: + 50 países● Presença no Brasil: Não
● Funcionários: 
600● Segmento: Moda luxo● Principais produtos: Roupas, acessórios e perfumes● Concorrentes diretos: Kenzo, Issey Miyake, Moschino e Roberto Cavalli● Ícones: Não seguir tendências em suas criações● Website: www.comme-des-garcons.com
A marca no mundoA marca japonesa, que comercializa roupas, acessórios, perfumes e até uma coleção de jóias, está presente em mais de 50 países ao redor do mundo através de grandes e sofisticadas lojas de departamento e multimarcas. As mais de duas dúzias de lojas próprias da marca estão distribuídas por cidades como Londres, Paris, New York, Beijing, Hong Kong, Seul, São Petersburgo, Tóquio, Kyoto, Osaka e Fukuoka.
Você sabia? Em busca da criação de uma identidade forte para a marca, Rei Kawakubo se envolve diretamente em todos os seus aspectos. Não se limita somente às roupas, a identidade da COMME des GARÇONS pode ser vista também em tudo o que ela produz: desde toda a sua produção gráfica até mobília, passando por catálogos e a arquitetura das lojas.
 Só o fato de falar com a imprensa, nem que seja por poucos minutos, já é motivo o suficiente para causar alvoroço. Afinal, a tímida estilista e fundadora da marca costuma ser avessa aos holofotes.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

O designer Comme des Garcons tem 78 perfumes na nossa base de fragrâncias A edição mais antiga foi criada em 1994 e a mais recente em 2014. Comme des Garcons as fragrâncias foram desenvolvidas em colaboração com os perfumistas Antoine Lie, Jean-Christophe Herault, Mark Buxton, Antoine Maisondieu, IFF, Emilie Coppermann, Bertrand Duchaufour, Florence Idier, Evelyne Boulanger, Francoise Caron, Yann Vasnier, Fran, Marie-Aude Couture-Bluche, Nathalie Feisthauer e Aurelien Guichard.

Abaixo segue as fragrância mais bem avaliadas pela  opinião publica :

1) 8 88 Comme des Garcons Compartilhado

8 88 Comme des Garcons Compartilhado


8 88 de Comme des Garcons é um perfume Oriental Especiado Compartilhado. 8 88 foi lançado em 2008. O perfumista que assina esta fragrância é Antoine Lie As notas de topo são Coentro, Curcuma e Papiro as notas de coração são Incenso, Açafrão e Gerânio as notas de fundo são Âmbar e Patchouli ou Oriza

2) Comme des Garcons 2 Comme des Garcons Compartilhado
Comme des Garcons 2 Comme des Garcons Compartilhado
Comme des Garcons 2 de Comme des Garcons é um perfume Chipre Floral Compartilhado. Comme des Garcons 2 foi lançado em 1999. O perfumista que assina esta fragrância é Mark Buxton As notas de topo são Aldeídos, Tangerina, Chá, Angélica e Mate as notas de coração são Noz-moscada, Magnólia, Coentro, Canela, Louro da Índia do Oeste, Tinta nanquin e Alcarávia as notas de fundo são Patchouli ou Oriza, Cedro, Incenso, Vetiver, Âmbar e Ládano

3) Blue Cedrat Comme des Garcons 
Blue Cedrat Comme des Garcons Compartilhado
Blue Cedrat de Comme des Garcons é um perfume Amadeirado Especiado Compartilhado. Esta é uma nova fragrância. Blue Cedrat foi lançado em 2013. A fragrância contém Limão verdadeiro italiano, Bagas de Zimbro ou Junípero, Angélica, Rosa e Cedro da Virgínia.

4) Amazingreen Comme des Garcons
Amazingreen Comme des Garcons Compartilhado
Amazingreen de Comme des Garcons é um perfume Aromático Verde Compartilhado. Esta é uma nova fragrância. Amazingreen foi lançado em 2012. O perfumista que assina esta fragrância é Jean-Christophe Herault As notas de topo são Palmeira, Pimenta verde, Acorde verde e Notas aquáticas as notas de coração são Hera, Coentro e Raíz de Orris ou lírio Florentino as notas de fundo são Pólvora, Vetiver, Incenso e Almíscar branco

5) Comme des Garcons 2 Love Hurts Comme des Garcons 
Comme des Garcons 2 Love Hurts Comme des Garcons Compartilhado
Comme des Garcons 2 Love Hurts de Comme des Garcons é um perfume Chipre Floral Compartilhado. Comme des Garcons 2 Love Hurts foi lançado em 2005. A fragrância contém Aldeídos, Noz-moscada, Magnólia, Patchouli ou Oriza, Canela e Cedro.
6) Daphne Comme des Garcons Feminino
Daphne Comme des Garcons Feminino
Daphne de Comme des Garcons é um perfume Feminino. Daphne foi lançado em 2009. O perfumista que assina esta fragrância é Antoine Lie A fragrância contém Laranja Amarga, Incenso, Açafrão, Rosa, Jasmin, Tuberosa, Íris, Patchouli ou Oriza, Agarwood (Oud), Âmbar e Baunilha.
7) Comme des Garcons Series 4 Cologne : Anbar Comme des Garcons 
Comme des Garcons Series 4 Cologne : Anbar Comme des Garcons Compartilhado
Comme des Garcons Series 4 Cologne : Anbar de Comme des Garcons é um perfume Cítrico Aromático Compartilhado. Comme des Garcons Series 4 Cologne : Anbar foi lançado em 2002. A fragrância contém Laranja, Lavanda, Tangerina, Almíscar, Trevos, Bergamota, Flor de Limão verdadeiro, Limão verdadeiro ou siciliano, Âmbar e Cravo.

8) Black Comme des Garcons Compartilhado
Black Comme des Garcons Compartilhado
Black de Comme des Garcons é um perfume Amadeirado Aromático Compartilhado. Esta é uma nova fragrância. Black foi lançado em 2013. As notas de topo são Pimenta preta, Incenso e Olíbano as notas de coração são Couro, Alcaçuz, Vidoeiro e Pepperwood or Hercules Club as notas de fundo são Cedro e Vetiver
9) Blue Santal Comme des Garcons 
Blue Santal Comme des Garcons Compartilhado
Blue Santal de Comme des Garcons é um perfume Amadeirado Especiado Compartilhado. Esta é uma nova fragrância. Blue Santal foi lançado em 2013. A fragrância contém Pinheiro, Bagas de Zimbro ou Junípero, Pimenta e Sândalo australiano

10) Comme des Garcons Series 2 Red: Carnation Comme des Garcons Feminino
Comme des Garcons Series 2 Red: Carnation Comme des Garcons Feminino
Comme des Garcons Series 2 Red: Carnation de Comme des Garcons é um perfume Oriental Especiado Feminino. Comme des Garcons Series 2 Red: Carnation foi lançado em 2001. O perfumista que assina esta fragrância é Evelyne Boulanger A fragrância contém Rosa vermelha, Cravo, Jasmin, Trevos e Pimenta vermelha.