VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Quem é ele? : Saiba um pouco mais sobre os estilistas e seus perfumes


A moda deixou de ser apenas roupa e passou para os acessórios e também para os cosméticos, todos lançam perfumes com muito exito.
Notou que a maioria dos perfumes sempre estão ligados a estilistas famosos?
Isso mesmo, moda e perfumes andam juntos, e a maioria está ligado a alguma assinatura de um estilista famoso.
Você pode comprar a roupa, os acessórios e também o perfume de um determinado marca ou estilista.

AGATHA RUIZ DE LA PRADA

Independente, criativa e original, a estilista espnhola Agatha Ruiz de la Prada é dona de um estilo peculiar e às vezes surreal.
Considerada a grande herdeira da irreverência da estilista italiana Elza Schiaparelli, a criadora do “rosa choque”, Agatha desenvolve peças cheias de humor, otimismo, cores fortes e formas amplas. Seus trabalhos são “almodovarianos”. É impossível não associar o colorido das criações cores de Agatha às cores dos filmes de Almodóvar.
Eu costumo chamá-la de ‘Jean-Charles de Castelbajac de saias’, outro estilista incrível que, a partir de uma idéia simples, usa a sua excentricidade e bom humor para desenvolver coleções surpreendentes e cheias de conceito.
Agatha costuma transforma a passarela em uma galeria de arte. Com a sua coleção para o outono/ inverno 2010 não foi difrente. A estilista levou para a passarela as pinceladas de Jackson Pollock, as composições de Vasarely, a geometria de Piet Mondrian e os pontos ultrajante de Yayoi Kusama.
O trabalho de Agatha vai além das roupas . Ela é uma designer completa, que também pinta, projeta belíssimos móveis, materias de papelaria, jóias, celulares, esculturas e perfumes.
Agatha Ruiz de la Prada recebeu vários prémios na Espanha, incluindo a Arts Gold Medal Award do Ministério da Cultura pela difusão da moda e da cultura espanhola para outros países.

ANAIS ANAIS - CACHAREL
O estilista francês Jean-Louis-Henri-Bousquet Cacharel começou sua carreira como aprendiz de alfaiate. Hoje é um dos grandes nomes do mundo da moda internacional. Entre as contribuições de Cacharel destacam-se as camisas com estampas florais, saias-calças e minissaias com três pregas de cada lado.
No Brasil, Cacharel é praticamente sinônimo de um tipo de blusa de malha mais ajustada ao corpo e com gola rolê. Nos anos 70, Cacharel passou a utilizar em suas criações estampas inspiradas em padrões e tecelagens da África e do Oriente. Entre os produtos da Cacharel destacam-se Noa, Gloria, Amor Amor e Anaïs-Anaïs.

ETERNITY - CALVIN KLEIN
A sofisticação em design de moda é ser moderno, mínimo, puro. Tudo que faço segue o estilo de elegância sexy e descontraído.
(Richard Calvin Klein)
ascido em Nova York, Richard Calvin Klein formou-se no renomado Fashion Institute of Technology, em 1962. Inicialmente, Calvin Klein vendia suas roupas para lojas de departamentos, e foi em uma delas, a Bonwit Teller, que Calvin Klein recebeu sua primeira grande encomenda: um executivo o viu empurrando uma arara de roupas pelo corredor e, fascinado, fechou o negócio por US$ 50 mil.
Calvin Klein se aperfeiçoou na arte de confeccionar roupas masculinas, especialmente paletós, casacos e blazers. Logo, Calvin Klein fazia também roupas para as mulheres, e foi consagrado no primeiro time de estilistas de moda dos Estados Unidos do século XX, ao lado de Ralph Lauren e Donna Karan.
Clássicas e suaves de Calvin Klein começaram a aparecer em coleções sportswear, com japonas, suéteres de gola rolê e calças estreitas. O midas Calvin Klein teve em cada lançamento um sucesso correspondente. Com a sobriedade como sua marca registrada, Calvin Klein caminhou para uma criação mais sofisticada, utilizando tecidos como a seda, o crepe, linhos e lãs, para criar roupas de linha alongada, de ombros estruturados, sempre respeitando os conceitos de harmonia de proporções. Com os jeans, Calvin Klein tornou-se um verdadeiro mito. Ter um ‘Calvin’ passou a ser um sonho mundial de consumo.
Nos anos 80, o estilista Calvin Klein decidiu inovar em suas campanhas publicitárias. Contratou um dos mais famosos fotógrafos do mundo, Richard Avedon e lançou uma campanha ousada com a então adolescente Brooke Shields. No anúncio do jeans da marca Calvin Klein, Shields aparecia ingênua e provocativa com o texto “Não há nada entre mim e meu Calvin”. O anúncio foi um escândalo, mas Calvin Klein aumentou seu faturamento em mais de US$ 160 milhões. Em 1985, nova polêmica. O fotógrafo Bruce Weber criou as fotos da campanha de lançamento do perfume Obsession com conteúdo homossexual. Vários jornais dos Estados Unidos recusaram a publicar o anúncio, mas Obsession também se transformaria num estrondoso sucesso.
A grife Calvin Klein se envolveu em outro escândalo no início dos anos 90. Calvin Klein usou o homófobo rapper Marky Mark como modelo para a campanha de seus produtos. Essas ações apenas reforçaram a marca Calvin Klein. Atualmente, suas roupas masculinas e femininas são copiadas em todo o mundo. A influência de Calvin Klein também está em sua linha de acessórios, na qual se destacam, além dos perfumes Eternity e Obsession, o Escape e o CK One.

212 SEXY - CAROLINE HERRERA
Carolina Herrera (Carolina Pacanins Niño de Herrera Guevara) nasceu em Caracas, Venezuela, em 1939. A Venezuela radicada nos Estados Unidos fez parte das listas das mulheres mais bem vestidas do mundo, para depois tornar-se uma estilista de sucesso. Em 1980 ela fundou a sua própria empresa, a Carolina Herrera, e teve sucesso quase imediato.
Em abril de 1981, Carolina Herrera apresentou sua primeira coleção prêt-à-porter, com modelos que sobrepunham tecidos diferentes em comprimentos variados, e logo conquistou clientes importantes, entre as quais a ex-primeira dama Jacqueline Kennedy Onassis. Jackie Onassis encomendou a Carolina Herrera o vestido de casamento de sua filha Caroline, justamente os vestidos de noiva são um dos pontos fortes da grife que tem sua sede em Nova York.

CHANEL N°5 - COCO CHANEL
"Eu criei um estilo para um mundo inteiro. Vê-se em todas as lojas estilo Chanel. Não há nada que se assemelhe. Sou escrava do meu estilo. Um estilo não sai da moda; Chanel não sai da moda".
Coco Chanel
Coco Chanel, como era chamada pelos amigos, criou um novo perfil de elegância feminina, ao longo de uma vida.Suas criações ( dentre elas o atual estilo Navy ) a marca registrada era a simplicidade e o conforto. Logo, foram surgindo vestidos chemisiers soltos, amplos cardigãs, peças em jérsei - tecido que só era utilizado na confecção de roupas íntimas.
Adotou o suéter masculino usado sobre saias lisas e retas, lançou calças masculinas para mulheres, estilo boca larga, usadas por marinheiros ( pantalonas ).
Pérolas em especial, e bijuterias em geral, ganharam lugar de destaque entre os acessórios. Lançou o "pretinho", vestido de corte reto, simples, num tecido de cor preta que é a elegância em qualquer situação.
O perfume mais vendido em todo o mundo, até hoje ,o Chanel nº 5, ficou marcado quando Marlin Monroe disse que ao ir para a cama vestia para dormir, apenas, duas gotas dele. Como esquecer as práticas bolsas a tiracolo com correntes douradas.
Uma mulher incansável e perfeccionista, que, com uma tesoura nas mãos, era capaz de passar horas até atingir o ponto que considerava ideal em um modelo.
Aos 71 anos suas criações continuavam a ser uma referência de elegância e qualidade, aprimorando a criação de acessórios, inovando em sua linha de perfumes e cosméticos, insistindo sempre no corte impecável de suas roupas e em suas cores básicas - o cinza, o azul-marinho o bege e o preto.
Frases marcantes: " Um perfume de mulher com cheiro de mulher !" e " Impossível usar sempre jóias verdadeiras se não houver mulheres que usem jóias falsas !"
Chanel faleceu aos 88 anos, e até hoje, é fonte de inspiração aos que continuam a manter sua marca plenamente ativa.

POISON - CHRISTIAN DIOR
Christian Dior nasceu em Granville, Normandia, na França. Inicialmente, um dos maiores mitos da moda no século XX, Christian Dior se interessou por ciências políticas e música. Só aos 30 anos Christian Dior se aproximou do mundo da moda ao desenhar croquis de modelos para jornais. Oito anos depois Christian Dior tornou-se assistente do famoso estilista Robert Piguet. Anos depois, Yves Saint Laurent seria o seu assistente.
Depois de trabalhar ao lado de Pierre Balmain na Maison de Lucien Lelong, Christian Dior decidiu criar sua própria grife, com o patrocínio do magnata Malcel Boussac.
Christian Dior trouxe de volta para o guarda-roupa feminino o terno masculino, numa coleção que levou o nome de Linha H, especialmente adequada para noite. No ano seguinte, ele lançou as linhas A e Y, com grandes golas e estolas gigantes.
Depois de sua morte, seu primeiro sucessor foi Yves Saint Laurent, que continuou o trabalho do mestre. 
Atento a todos os complementes que compunham a elegância feminina, Christian Dior havia criado, em 1953, um setor de calçados em sua Maison, convidando o estilista Roger Vivier para dirigi-lo.
Atualmente o inglês John Galliano é o responsável pelo estilo Christian Dior, marca que mantém o prestígio na moda feminina, moda masculina, acessórios, perfumaria, linhas de maquiagem e de produtos para a pele e o corpo.

DOLCE e GABBANA - Dolce e Gabbana
Quem são Dolce e Gabbana? A famosa dupla de estilistas italiana se formou em 1985 e é formada pelo siciliano Domenico Dolce e pelo milanês Steffano Gabbana. Romeo Gigli, outro nome italiano consagrado, é ídolo e referência para os dois estilistas de sucesso internacional.
As primeiras roupas a saírem do ateliê de Dolce e Gabana tiveram como público os homens. As coleções de estréia traziam desenhos de perfil másculo, de ombros estreitos, gola e abotoamento altos, calças justas e blusões de couro em profusão. Nos anos 90, Dolce e Gabana lançaram uma camiseta masculina que virou moda e foi copiada em todo o mundo: ela era colada ao corpo, em tecido transparente, com costuras bem delineadas.
Quando começaram a criar moda feminina, o mesmo estilo irreverente de Dolce e Gabana se manteve e conquistou a popstar Madonna.
 A D eG é a nova marca de Dolce e Gabbana, mais informal e de custo mais acessível. Os produtos de Dolce e Gabana são presentes ideais para surpreender.
 Destacam-se o By DeG Eau de Parfum, DeG Feminine Eau de Toilette, Dolce e Gabbana Eau de Toilette, Light Blue Eau de Toilette e o Sicily Eau de Parfum.

DKNY RED DELICIOUS CHARMINGLY - Donna Karan 
Donna Faske, mas conhecida como Donna Karan, nasceu em Nova York e hoje é uma das estilistas mais importantes do século 20.
O estilo básico, moderno e muito elegante de Donna Karan conquistou o mundo. Donna Karan desde cedo lidou com a moda, filha de um dono de armarinho e de uma modelo e vendedora, Donna Karan cursou a Parsons School of Design e, ainda estudante, trabalhou com estilista Anne Klein, especialista em roupas práticas e para jovens mulheres nos EUA. Anne Klein foi a primeira a combinar vestidos e casaquinhos, vestidos de cintura justa com blazers e jaquetas de aviador.
No ano seguinte Donna Karan se transferiu para a Addenda, uma indústria de confecções. Entretanto, Donna Karan voltou para o ateliê de Anne Klein em 1968. Donna Karan foi indicada como sua sucessora, um ano mais tarde. Depois da morte de Anne Klein, Donna Karan tornou-se estilista da casa, ao lado de Louis Dell’Olio. Juntos, os dois deram nova vida às roupas da companhia, transformando modelos originais de sportswear em peças extremamente atuais, em sua modelagem simples, e com preços acessíveis.
Donna Karan permaneceu na empresa até 1984, quando começou a criar as bases de sua marca própria, ao lado do segundo marido, Stephan Weiss. Juntos, montaram um império que colocou Donna Karan no mesmo patamar de importância de outros consagrados designers norte-americanos, como Ralph Lauren e Calvin Klein. Donna Karan se tornou o nome feminino mais destacado do setor em todo o mundo.
Em dez anos, o sucesso da marca Donna Karan estava consolidado, abrangendo roupas femininas, masculinas, linha jovem, lingerie, sapatos, acessórios em geral e perfumes como o Black Cashmere Eau de Parfum, Cashmere Mist Eau de Toilette, Cashmere Mist Sheer Fragrance Eau Sans Alcool e DKNY Energizing Eau de Parfum. 
Além da etiqueta com seu nome, e com uma proposta de moda mais formal, Donna Karan criou a DKNY, Donna Karan New York, que virou mania mundial, com sua descontração.

APPARIRION - EMANUEL UNGARO
Emanuel Maffeolti Ungaro nasceu em Aix-en-Provence, na França, de pais italianos. Sua carreira no mundo da moda começou na alfaiataria da família, onde ficou até 1955. Então, aos 22 anos, Emanuel Ungaro decidiu se mudar para Paris, onde também trabalhou como alfaiate em uma pequena empresa, passando daí para a Maison Balenciaga.
Em 1961, Emanuel Ungaro se transferiu para o salão de André Courrèges, abrindo finalmente seu próprio negócio em 1964. A partir daí, Emanuel Ungaro fez sucesso com suas roupas de corte clássico e estilo contemporâneo. Os vestidos de Emanuel Ungaro eram transparentes de renda, ou de cavas pronunciadas, assim como um terno feminino, mais casacos e blazers, muitas vezes confeccionados por tecidos especiais que levavam a assinatura de Sonja Knapp, sempre tiveram compradoras certas. Em 1968, Emanuel Ungaro passou a produzir também coleções de prêt-à-porter, sob a marca Parallele.
Emanuel Ungaro sempre teve um modo muito especial de criar suas roupas: ele jamais desenhou modelos. Ungaro simplesmente cortava o tecido direto no corpo e ouvindo Beethoven; Emanuel Ungaro também não usava top models em seus desfiles. “Quero que todos olhem para as roupas que estão sendo mostradas", era uma das famosas frases de Emanuel Ungaro.

ARMANI CODE - GIORGIO ARMANI

No circuito internacional da moda Giorgio Armani é conhecido como o imperador de Milão. Armani é uma das marcas com mais força e estilo na atualidade e seu criador, Giorgio Armani, é um dos maiores estilistas de todos os tempos.
Giorgio Armani conheceu o trabalho de grandes estilistas em sua juventude, especialmente os estilistas franceses. Nesta época, Giorgio Armani cuidava da coleção masculina Hitman. Armani percebeu a distância entre as mercadorias que estavam nas lojas e o que as pessoas gostariam de comprar. Decidiu então bolar uma campanha publicitária original para a Hitman que logo se tornaria um clássico. Armani decidiu criar um conceito ao invés apenas de mostrar os produtos. No anúncio com a participação do polêmico fotógrafo Oliviero Toscani, aparecia apenas o rosto de um homem encoberto pelos seus cabelos compridos.
Armani mudou-se para a Nino Cerruti e ali permaneceu por oito anos. Na Cerruti, Giorgio Armani aprendeu a desenhar moda e conheceu Sergio Galeotti. Esta parceria resultou num dos maiores conglomerados de moda do mundo, a Armani.
Depois de ter deixado a casa Cerruti e de ter trabalhado como consultor independente de moda, Giorgio Armani tornou-se grife em 1975. Atualmente, a grife do imperador de Milão está no Brasil e em diversos países. O nome Giorgio Armani aparece em sua principal linha de roupas impecáveis para homens e mulheres, a Black Label. Enquanto a marca Emporio Armani é uma linha voltada para uma moda mais informal.

ORGANZA - GIVENCHY
Givenchy é um nome fundamental para a elegância do século 20. Hubert-James Marcel-Taffin Givenchy nasceu na cidade francesa de Bauvais. Admirador do estilista Balenciaga, aos 17 anos Givenchy mudou-se para Paris levando uma pasta cheia de desenhos.
Givenchy trabalhou nas casas de Fath, Robert Piguet, Lucien Lelong e Elsa Schiaparelli. Givenchy abriu sua própria coleção em 1952. O reconhecimento foi quase imediato. 
Roupas de Givenchy eram feitas com tecido de camisaria e a blusa Bettina (homenagem à modelo Bettina Graziani), uma criação que foi sucesso em todo o mundo. A blusa tinha a gola larga e aberta, e mangas que terminavam em babados de bordado inglês. Com este sucesso a fama de Givenchy se consolidou, sempre utilizando roupas luxuosas e com estilo, uma nítida influência de Balenciaga. Givenchy jamais negou o quanto o trabalho de Balenciaga o inspirava. Balenciaga e Givenchy se conheceram em 1953 e foram amigos até a morte do estilista espanhol em 1972.
Givenchy tem o seu nome ligado ao cinema mais do que qualquer outro estilista. Ele vestiu Audrey Hepburn em vários filmes. O primeiro deles foi Sabrina (1957), no qual a atriz seduz Humphrey Bogart usando um irrepreensível vestido de noite bordado.
O estilista francês se despediu das passarelas em 1995 com um desfile para poucos. Foram convidados apenas amigos pessoais, estilistas e principais clientes. A marca Givenchy continua a todo o vapor. Os destaques são os produtos: Amarige, Amarige d'Amour, Eau d'Amour Pour Mamans, Eau Torride Eau de Toilette, Hot Couture, Organza Eau de Parfum, Organza First
Light e So Givenchy.


JEAN PAUL GAULTIER CLASSIQUE EDP - JEAN PAUL GAULTIER
Jean-Paul Gaultier , nascido em 24 de abril de 1952 é um estilista francês.
Na infância Jean Paul Gaultier preferia vestir, pentear e maquiar seu ursinho de estimação do que participar de um jogo de futebol entre seus amigos
Gaultier não recebeu educação formal como desenhista. Começou enviando seus desenhos aos estilistas famosos de alta costura quando era muito jovem. Pierre Cardin se impresssionou pelo seu talento e o contratou como assistente em 1970. Sua primeira coleção individual foi lançada em 1976 e seu característico estilo irreverente data de 1981, tornando-o conhecido como enfant terrible da moda francesa.
Jean-Paul Gaultier fez trajes para a cantora Madonna na década de 1990. Promoveu o uso de saias, especialmente kilts, para os homens. Causou grande impacto nos desfiles ao usar modelos pouco convencionais, como homens idosos e mulheres gordas, modelos tatuadas e com piercings, entre outras excentricidades. Isto lhe valeu muita crítica mas também trouxe muita popularidade.
Criou também o figurino de muitos filmes, como em O quinto elemento, de Luc Besson; Kika, de Pedro Almodóvar; e The Cook the Thief His Wife e Her Lover, de Peter Greenaway entre outros. A turnê Blond Ambition Tour de Madonna também mostrava suas criações, incluindo o famoso soutien em formato cônico.
Atualmente desenha para três coleções: a sua própria linha de alta costura, a linha de roupas para lojas, assim como a linha de roupas da Hermès, luxuosa empresa francesa especializada em produtos de couro.

 KL by KARL LAGERFELD - KARL LAGERFELD
Karl Lagerfeld, comandante da Maison Chanel e um dos mais importantes estilistas do mundo, usa sempre os cabelos presos num rabo-de-cavalo, óculos escuros, um enorme leque e se veste sempre de preto. Esta é a sua marca registrada.
Nascido na cidade de Hamburgo, na Alemanha, Karl Lagerfeld se mudou aos 14 anos para Paris. Três anos depois ganhou um concurso de modelos promovido pelo International Wool Secretariat.
Karl Lagerfeld foi contratado pela casa Balmain, que colocou a peça vencedora em linha de produção. Três anos mais tarde, passou para a casa Patou. Em 1964 decidiu não queria mais trabalhar com moda e foi estudar história da arte na Itália. Felizmente a sua decisão durou apenas um ano.
Decidido a retornar, Karl Lagerfeld colaborou para as marcas Chloé, Krizia e para a grife de calçados Charles Jourdan.
Em 1967, passou a fazer parte da casa italiana Fendi, como estilista consultor. Fendi, consagrado nome de criações com peles, teve em Lagerfeld um colaborador precioso. Inovador, ele começou a utilizar matérias-primas que até então jamais haviam feito parte dos hábitos da empresa.
Em 1983, Karl Lagerfeld alcançou um dos postos mais cobiçados do mundo da moda, a direção de criação da casa Chanel. A notícia espantou, a princípio, os que faziam parte desse mundo: entre o estilo atrevido de Lagerfeld e o estilo discreto e refinado de Chanel eram muito distintos. Mesmo assim, o estilista alemão começou a criar desfiles de impacto, como o que colocou roupas feitas em jeans na passarela.
O estilista se envolveu na polêmica censura do filme de Robert Altman na Alemanha. Karl Lagerfeld foi retratado em "Prêt-à-Porter" como um plagiador e entrou com o pedido de proibição da película em solo alemão. arl Lagerfeld continua a desenhar para Chloé, além de Chanel, e assina também uma linha de acessórios e perfumaria. Os perfumes Karl Lagerfeld fazem muito sucesso junto às suas compradoras.

FLOWERS - KENZO
Clássicos, contemporâneos ou visionários, os produtos Kenzo são baseados em valores da vida, da energia, e de um equilíbrio profundo enraizado. Uma perfeita união entre os valores do Ocidente e do Oriente.
Kenzo Takada nasceu em Kioto, no Japão. Depois de estudar arte, Kenzo começou a trabalhar desenhando moldes para uma revista de moda de Tóquio. Em 1964 mudou-se para Paris, criando coleções sob encomenda para outras marcas e vendendo moldes para o estilista Louis Féraud. Com menos de 21 anos Kenzo conquistou a França com um conceito inteiramente novo de moda: a recriação da figura humana de um modo até então não tentado, com novos volumes e proporções.
Em 1970 abriu sua primeira loja, a Jungle Jap. Nela eram vendidas (muitas) roupas feitas de algodão. Em apenas dois anos, Kenzo já era um nome famoso. Sua fama veio pela ousadia dos modelos e maestria na combinação de estampas, cores e sobreposições de peças. As cores eram usadas em tons soturnos ou aos extremos, como nas maquiagens do teatro japonês Kabuki.
 O estilo das roupas orientais estava presente em batas e calças largas, as inovações de Kenzo Takada chegaram também à malharia, o que lhe deu um lugar garantido entre os mais conceituados estilistas de prêt-à-porter.
Conciliando com grande bom gosto as tendências de moda do Oriente com as do Ocidente, Kenzo se firmou no cenário internacional da moda e abriu caminho para toda uma geração de criadores japoneses, também consagrados nos últimos anos.

LOLA - MARC JACOBS
Os perfumes Marc Jacobs seguem a linha dos designs desenvolvidos pelo estilista. Sensuais e clássicos, os produtos Marc Jacobs são associados ao mais alto padrão de qualidade.
Marc Jacobs é um estilista americano de influência mundial. Marc Jacobs completou seus estudos na Parsons School of Design. Marc Jacobs saiu do anonimato quando fez uma coleção "grunge" para Perry Ellis.
Marc Jacobs é designer exclusivo da Luis Vuitton, entretanto suas coleções próprias são muito admiradas. Jacobs é conhecido pela sua moda refinada e luxuosa, que revolucionou toda uma geração de mulheres em sua forma de vestir. Marc Jacobs construiu um império da moda que é respeitado pelos grandes nomes da moda e celebridades. Destacam-se os perfumes femininos Blush Eau de Parfum e Marc Jacobs Eau de Parfum e o perfume masculino Marc Jacobs Eau de Toilette.

CALANDRE - PACO RABANNE
Com esse estilo ousado, Paco Rabanne criou suas fragrâncias, que fazem um enorme sucesso e já foram muito imitadas.
Paco Rabanne é um nome conhecido em todo o mundo. 
Poucas sabem que as guerras mudaram a vida do estilista. Francisco de Rabaneda Cuervo, seu nome verdadeiro, nasceu em 1936 na cidade de San Sebastian, no País Basca. A Guerra Civil Espanhola mudou os planos dos Cuervo. O pai de Paco Rabanne era um general e sua mãe uma das fundadoras do Partido Comunista da Espanha. A mãe do futuro estilista também era costureira-chefe da filial local da casa Balenciaga.
Devido à Guerra, em 1936, toda a família Cuervo se mudou para a França. O pequeno Paco tinha apenas dois anos. Rabanne estudou arquitetura na Escola de Belas Artes de Paris durante 12 anos. Neste período começou a nascer a vocação para o estilismo de roupas. Os colegas de curso de Paco Rabanne achavam que os edifícios que projetava pareciam-se com vestimentas.
A estréia de Paco Rabanne no mundo da moda foi com inovadores bijuteriase e botões de plástico que criava e vendia para maisons como as de Dior, Givenchy e também Balenciaga. Depois, vieram os bordados, que revolucionavam o que existia na época, com seus desenhos geométricos, sapatos, que desenhou para Charles Jourdan, e gravatas, desenvolvidas para Pierre Cardin.
Somente em 1965 Paco Rabanne iria criar seu primeiro vestido. Como sempre, inovou. Paco Rabanne fez um vestido de plástico. Rabanne utilizou diversos materiais para confeccionar roupas como metal, papel com fita adesiva no lugar das costuras e até alicate no lugar da agulha de costura.
Logo surgiram os críticos diante de tanta inovação. Coco Chanel o chamou de metalúrgico, criticando as desconfortáveis criações do estilista basco. A resposta de Paco Rabanne era que as mulheres devem vestir roupas cômodas, mas para conquistar um homem, não deve haver limites para o sacrifício. 

Sua originalidade e elegância atraiu celebridades como a atriz Audrey Hepburn e a cantora Françoise Hardy. Assim como muitos nomes consagrados do mundo da moda.
A inovação também está presente em seus perfumes. Seu primeiro lançamento, Calandre, lançado em 1969, chamou a atenção por utilizar o chipre como nota básica, enquanto a moda eram as essências cítricas. Logo, vieram sucessos como o Métal, La Nuit, Sport e XS.

STELLA - STELLA MCCARTNEY
Stella McCartney, filha do ex-beatle Paul McCartney e Linda Eastman, poderia passar sua vida aproveitando a fama dos pais. Ao invés disso, Stella McCartney começou a trabalhar com o estilista Christian Lacroix aos 15 anos em 1987, quando o estilista lançava a sua primeira coleção de alta costura.
Depois da experiência com Lacroix, Stella passou pela Savile Row, rua famosa em Londres pelas suas alfaiatarias reconhecidas em todo o mundo.
Stella McCartney escolheu a moda e não parou mais. Ela estudou no St. Martins College of Art & Design, em Londres. Quando se formou estavam na primeira fila da platéia os ilustres pais e na passarela ninguém menos do que as modelos Naomi Campbell e Kate Moss. Stella nunca deixou que o estigma de ter pais famosos atrapalhasse a sua carreia. Ainda assim, seu talento seria questionado por ser filha de Paul McCartney.
Para calar os críticos, a coleção de Stella McCartney foi comprada e ela lançou sua própria marca com sucesso. A prova disto é que em menos de dois Stella McCartney substituía o estilista Karl Lagerfel na marca Chloé. Os críticos definiram a troca como uma estratégia de marketing do Grupo Vendôme, dono da Chloé.
Assim que a primeira coleção de Stella surgiu nas passarelas as dúvidas desapareceram. Os críticos e especialistas saudaram o novo talento devido às suas roupas sensuais, românticas, muito inventivas e executadas com perfeição. Na coleção seguinte, além de tudo isso, ela provou que podia gerar bons lucros para a Chloé.
Com a morte de Linda McCartney, em 1998, Stella abraçou uma causa materna, a da proteção aos animais, associando-se ao Peta - People for the Ethical Treatment of Animals. Em 2001, Stella McCartney no ano seguinte lançou a grife pela Gucci com o seu nome em todo o mundo, no segmento de moda de luxo, com a garantia de que todas as decisões seriam suas.

ANGEL - THIERRY MUGLER
Thierry Mugler é o extraordinário
Thierry Mugler nasceu em Estrassburgo, na França. Quando era adolescente criava seus próprios modelos. Antes de se tornar um criador de moda, Thierry Mugler integrou um grupo de balé, foi vitrinista de uma loja em Paris e viajou muito pela Inglaterra e pela Holanda.
Quando Thierry Mugler voltou à França em 1971, ele desenhou sua primeira coleção, mas só dois anos mais tarde é que assinou suas criações, que sempre se destacaram pela ousadia, pela sensualidade e pelas propostas divertidas.
Nos anos 80, ele teve como sua consumidora mais famosa, e até mesmo sua inspiradora, ninguém menos do que Ivanna Trump, então casada com o empreendedor imobiliário e multimilionário Donald Trump. Nas criações de Thierry Mugler, um ponto de destaque em seus modelos é o apuro de sua execução.
Nos anos 90, criou um perfume que logo ficou célebre e é sucesso no mundo todo, Angel. Hoje em dia, a empresa Clarins é a detentora da marca.

ROCK`N ROSE PRET- A- PORTER -  VALENTINO
Valentino Clemente Ludovico Garavani nasceu em 1932, em Voghera ao norte de Milão, na Itália. Desde criança já se interessava por desenhar figurinos para o cinema, sua grande paixão. Estudou na França, trabalhou com Guy Laroche e Jean Deses. Em 1959, abriu seu primeiro estúdio em Roma, no renomado endereço da Via Condotti. Três anos mais tarde, sua primeira coleção estreou no desfile Gotha em Florença. Foi um sucesso.
Desde então seu logotipo em “V” ganhou o mundo, tornando-se uma das marcas mais famosas e conhecidas do planeta. No ano de 1967, lançou a coleção denominada Valentino’s White, onde o famoso “V” apareceu pela primeira vez. Na década de 60, várias estrelas de Hollywood descobriram a moda da marca VALENTINO, impulsionando-a para sua expansão internacional. Porém, essa expansão só se tornou possível, quando no final desta década, Valentino conheceu Giancarlo Giammetti, que acabou por se tornar seu sócio.
Em 1972 introduziu sua coleção masculina e feminina “ready-to-wear”, além de inaugurar sua primeira boutique na cidade de Roma e outra em Milão. Nos anos seguintes introduziu em sua linha produtos como jeans braceletes e colares, camisetas, além de uma linha de decoração que incluía tecidos, estampas, papel de parede e móveis.
Em 1978 lançou seu primeiro perfume em noite de gala na cidade de Paris. A expansão da marca VALENTINO continuou com abertura de boutiques nos Estados Unidos e Japão. O ano de 1989 foi marcado pela inauguração da Academia Valentino, um espaço para apresentações de arte. Valentino é reconhecido mundialmente e está no topo alta-costura italiana.

CRYSTAL NOIR - VERSACE

Gianni Versace começou a trabalhar na loja de sua mãe na Calábria, Itália. Ela vendia as roupas que o jovem Versace desenhava. Sua carreira ganhou impulso aos 25 anos, quando recebeu uma encomenda de uma confecção para criar uma coleção a ser produzida em Milão. Os compradores ficaram admirados com o talento de Versace e logo ele teria mais e mais clientes.
Com o sucesso Versace se mudou para Milão para criar moda sob encomenda para outras empresas. Gianni e Santo, seu irmão, começaram a organizar a Versace. Em 1978 finalmente era apresentada a primeira coleção feminina com a marca Versace na Galeria de Arte Permanente de Milão. Meses depois, os irmãos Versace apresentariam suas roupas masculinas, em seu próprio showroom.
Com a ajuda de Santo e Donatella, também sua irmão, Gianni Versace criou o seu império da moda. Novas linhas foram criadas como Instante, Versus e Versace Jeans Couture. Celebridades do porte de Madonna, Michael Jackson tornaram-se clientes da casa e a princesa Diana virou amiga do estilista.
Sem Gianni, Santo e Donatella continuaram firmes no controle dos negócios, ele na parte administrativa e ela como diretora de criação. Novas linhas de maquiagem foram criadas e novos produtos lançados. Sempre com o estilo que deu fama à marca.

CINÉMA - YVES SAINT LAURENT
No mundo da moda, o nome Yves Saint Laurent é sinônimo de vanguarda e autenticidade. São décadas de cores, vestidos, fragrâncias e cosméticos criados pelo talento insuperável do estilista.
Yves Henri Donat Mathieu Saint Laurent, um dos maiores estilistas de todos os tempos, nasceu na Argélia. Aos 17 anos, o jovem Yves Saint Laurent venceu em Paris com um vestido de coquetel (pretinho), um concurso promovido pelo International Wool Secretariat. Christian Dior, um dos estilistas mais famosos nos anos 50, se encantou com a talento do jovem Saint Laurent e o contratou.
Depois de anos trabalhando com Christian Dior, Yves Saint Laurent decidiu criar com Pierre Bergé sua própria marca. A moda passou a ser guiada pelos lançamentos das coleções de Saint Laurent: japonas azul marinho, botões dourados e as tão copiadas altíssimas botas pretas, que iam até as coxas.
Os 80 e 90 passaram a ser mágicos para a grife de Saint Laurent. Ter uma peça com as iniciais YSL passou a ser um desejo para muitos. Se as peças de alta costura atingiam preços exorbitantes, as linhas de prêt-à-porter, roupas masculinas, maquiagem, cosméticos para tratamento de pele, perfumes atingiam um público ávido por elegância.
Em 93 a Sanofi pagou US$ 240 milhões pelo controle total da área de perfumes e por 85% do controle do setor de moda. Yves Saint Laurent e Pierre Bergé ganharam 7,5% das ações da Sanofi, empresa que faz parte da estatal francesa de petróleo, a Elf Aquitaine. Saint Laurent continuou na direção artística da casa para continuar a produzir os diversos produtos da marca

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE O QUE VOCÊ ACHOU DA NOSSA MATÉRIA!