VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Phebo e Granado Perfumando Gerações

por: Jernê Knowles

Exatamente neste ano de 2016 a bela e movimentada Belém, capital do estado do Pará, conhecida também por Cidade das Mangueiras, completa 400 anos de existência, de robustez, de culturalização, de ascensão de seu povo batalhador e de muitas histórias que envolvem o universo da perfumaria também. E neste mês o qual se celebra esse memorável rito fixo de passagem desta grande cidade (capital), faz-se honroso nós lembrarmos, e também mencionarmos, como parte desta história a fundação da robusta casa de nicho Phebo | Granado.
Sobre a Granado:
Fundada originalmente em 1870 a partir de uma visão empreendedora pelo português José Antônio Coxito Granado é reconhecidamente a botica existente mais antiga em terras brasileiras. Por um longo e irreconhecível período, serviu toda a Corte Real com seus produtos de higiene pessoal, beleza e equiparados, e pelo próprio Dom Pedro II foi conferido à Granado o título de Farmácia Exclusiva e Oficial da Família Real Brasileira, no ano de 1880. Desde então a Casa nunca mais parou seu vertiginoso crescimento, estando até os dias de hoje de portas abertas.
Sobre a Phebo:
De uma parceria entre os primos portugueses Antônio Lourenço da Silva e Mário Santiago, no ano de 1930 surge a imponente Casa de perfumaria de nicho Phebo, com o objetivo de solidificar no coração da Amazônia brasileira, especificamente no estado do Pará, uma perfumaria de altíssima qualidade, com fragrâncias naturais de teores singulares e tão-somente genuínas em seus modos de existir. No ano de 2004, Phebo e Granado se unem, tornando-se uma única empresa do mesmo segmento e com objetivos múltiplos semelhantes, sob a direção do inglês Christopher Freeman, idealizador da coleção assinada por Isabela Capeto e suas duas grandes fragrâncias icônicas assinadas para a casa, Isabela Capeto e Isabela Capeto 2.
Aproveitando o ensejo de comemoração da mais nova “quatrocentona” paraense do Brasil, minha querida Belém do Pará, fomos a uma visita para conhecer os últimos lançamentos da Casa, e em uma tarde agradável, fazer algumas análises de determinadas fragrâncias, trocar meia dúzia de palavras sobre o universo da perfumaria e até mesmo algumas cortesias com um amigo querido que nos acompanhara nesta saga, membro do Fragrantica e também conterrâneo, Leandro Houat.
Além de uma compra de sabonetes, velas perfumadas, cremes para pés, mãos, colônias naturais clássicas, produtos pets, emulsão para o corpo, esfoliantes, óleos, shampoos e condicionadores, não foi possível resistir ao Mini Kit de Perfumes composto por Rosa ImperialLichia e PimentaCarnavalSamambaia e Âmbar de 30 ml cada, que veem em uma caixa imperial finíssima com os perfumes EDP’s mais clássicos da Casa. Sem sombra de dúvidas um set para qualquer apreciador lídimo ficar orgulhoso de si mesmo ao passo que dispõem de diferentes alternativas aromáticas em um mesmo lugar.
No site da casa é possível encontrar os diferentes lugares onde existem Lojas Phebo | Granado para futuras visitas, não só em território brasileiro, mas como também em algumas localidades da Europa, destacando-se França e Inglaterra.
A estrutura das Lojas é rústica, prezando por cores para o tom predominantemente marrom e bege, os produtos para venda ficam de amostra sobre balcões de madeira de lei vintage e gavetas talhadas e trabalhadas artisticamente, e as atendentes são ao mesmo tempo vendedoras, caixa e consultoras olfativas sabendo informar sobre cada propriedade dos produtos que agregam dentro das duas gigantes (Phebo | Granado) as quais vestem literalmente a camisa e o avental.
Por fim, em cada compra é possível levar uma mão cheia, quase derramando de produtos da Casa para você conhecer posteriormente em casa, todos eles em forma de miniaturas idênticas aos originais. Perfumaria conceitual e de nicho em Belém do Pará tem nome, e atende por Phebo | Granado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE O QUE VOCÊ ACHOU DA NOSSA MATÉRIA!