VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Perfumes que nunca deveriam ter sido descontinuados : Parte I


1) Air de Kenzo

Maurice Roucel  sofre de síndrome dos descontinuados. Tudo que ele cria que é ótimo, a industria descontinua: L de Lolita Lempicka, Hypnôse Homme de Lancome, Monsoon ,Envy de Gucci.  Kenzo air pode ter alguns semelhantes mas, igual não vai haver. Ele era um perfume que misturava liberdade, força de vontade e espirito aventureiro. Tinha um público cativo e não seguia nenhuma outra proposta da Casa Kenzo. Um Vetiver com âmbar pouco comum, especiarias com destaque pra anis. Mas apesar de uma composição tão ardente, ele era leve, adaptável e grandioso em sua simplicidade acondicionada em um dos frascos mais lindos que já conheci em fragrâncias masculinas. A indústria dos perfumes é feita de números. Nós a alimentamos com nossa mania de seguir as linhas da moda e acabamos perdendo preciosidades como esse inesquecível perfume.
A fragrância contém Alcaravia, Âmbar, Vetiver, Anis, Cedro, Bergamota, Angélica e Alcaçuz.
Air Kenzo Masculino

2) Fragile de Jean Paul Gaultier 

Uma obra prima de  Francis Kurkdjian  lançada em 1999  com um dos frascos mais lindos e criativos que já foram criados. Fragile era uma bomba floral com muitas especiarias e uma estrutura tendo ao oriental oriental. Flores Brancas com muita tuberosa contrastavam com o tradicional cravo, um gengibre picante e anis extremamente adocicado em uma potente mistura de Ylang Ylang, Iris com atalcada, baunilha adocicada sempre com canela indo e voltando pela composição. Fundo amadeirado almiscarado com bastante âmbar. Um floral imponente, sério e envolvente. Longevidade e Projeção incríveis. Era um perfume que seguia uma formula mais clássica, com uma proposta que dificultava a assimilação pela geração pré terceiro milênio porém deixou uma lacuna na perfumaria já que nasceu para ser um clássico absoluto. 
As notas de topo são Tangerina italiana, Coentro, Gengibre, Flor de Laranjeira tunisiana, Bergamota, Anis estrelado e Rosa búlgara as notas de coração são Cravo, Tuberosa, Íris, Jasmim, Gengibre indiano, Ylang Ylang e Rosa as notas de fundo são Âmbar, Canela, Almíscar, Baunilha e Cedro
Fragile Jean Paul Gaultier Feminino

3) Giorgio for Men de Giorgio Beverly Hills 

Giorgio acompanhava a rebeldia elegante que dominava os anos 80. Tinha uma  proposta marcada , baseada em sucessos da época porém , poucos sabiam que ele estava abrindo caminhos para novos caminhos na perfumaria.
Uma fragrância que é um elo entre o conceito de perfume masculino e a década de 80.Giorgio Men não tem um comportamento idêntico em todas as peles, e nem se enquadra nos padrões de oriental amadeirado masculino e o moderno e versátil homem atual. Mesmo descontinuado continua a ser simbolo de status e virilidade. O fato engraçado aqui é que sua piramide olfativa foi concebida para demonstrar os novos rumos que o homem tomaria no futuro. Abertura fruta aldeídica ( a transição entre o homem tradicional para o homem moderno, mais sensível , com um olhar voltado para a vaidade).No coração ele misturaria sua masculinidade pungente (cravo, canela) e seu romantismo ( patchouli, rosa, madeiras e mel); Nas notas de fundo ele demostraria modernidade, doçura, capacidade de adaptação e poder de sedução. O incrível aqui é que , por mais que ele mude de homem para homem,as facetas são as mesmas e destacam o lado mais intimo de cada homem que consegue seu valioso frasquinho.
As notas de topo são Aldeídos, Laranja, , Notas frutadas e Bergamota as notas de coração são Cravo, Sândalo, Patchouli ou Oriza, Canela, Raíz de Orris ou lírio Florentino, Cedro e Rosa as notas de fundo são Mel, Fava Tonka, Âmbar, Almíscar, Benjoin, Musgo de Carvalho e Baunilha

Giorgio for Men Giorgio Beverly Hills Masculino

4) Idole d`Armani de Giorgio Armani
Bruno Jovanovic  hoje é um dos perfumistas de destaque na indústria mas teve duas obras suas perdidas com a explosão oriental de mimosas, narciso e vetiver Onde Extase de Giorgio Armani e o envolvente e exótico 
 Idole d`Armani. Curiosamente, a fragrância que ganhou notoriedade por ter sido citada por vários atores famosos como a sua "preferida"  só durou 5 anos no mercado e deixou muitos órfãos.
 Idole é uma fragrância que tem aquele gostinho de quero mais. Indicado para quem gosta de um perfume docinho mas mais maduro. Ele sai floral fresco com aroma de raspa de laranja e evolui notas de mel e amêndoas bem pronunciadas.Um leve aroma frutal que deixa a composição quase gourmand. Notas florais acentuadas com predomínio de rosa ganham espaço e um aroma resinoso deixa a fragrância mais feminina, reformulada. Esse aroma resinado contrasta com o mel e vetiver. O resultado é algo selvagem, seguro e sedutor.
Idole d`Armani Giorgio Armani Feminino

5) Good Life de Davidoff 

Uma das grandes vítimas da saca dos descontinuados e reformulados é, sem dúvida,  Pierre Bourdon.  Good Life feminino era a alternativa mais linda para Samsara da Guerlain e praticamente nasceu morto, não teve tempo suficiente para que as mulheres pudessem apreciar suas peculiaridades principalmente , presenciar  um  casamento de figo, ylang ylang e Sândalo que deu certo. Em 2004 criou Cabaret Pour Homme de Gres  que , apesar de ser inovador, sedutor e denso, nem chegpu a ganhar mercado, ficou restrito a poucos que quiseram conhece-lo por seu frasco imponente e sua potência inquietante. Seu Escada Magnetism de Escada foi reformulado e perdeu quase tudo que tinha de bom.  Live Jazz de Yves Saint Laurent  foi praticamente ignorado apesar de ser um aromático fougere totalmente adaptável e bem melhor que muitos perfumes nessa categoria.Realmente parece que a indústria não morre de amores por ele, mesmo sendo o criador de Kouros e Dolce vita.
Descontinuar Good Life masculino foi um soco no estomago de quem apreciava perfumes verdes, frescos e potentes. Ele seria o parente mais verdinho e acessível do Green Irish Tweed de Creed pois apesar de remeter a Cool Water ele é bem mais potente e tem Folha de figo ,Violeta, Magnólia Chá e Trevo branco que o deixam com a potencia do GIT mas um diferencia pouco explorado. Good Life é um perfume que deveria ter sido perpetuado e não descontinuado
Good Life Davidoff Masculino
Cabaret Pour Homme Gres Masculino
Good Life Davidoff Feminino
Live Jazz Yves Saint Laurent Masculino



Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE O QUE VOCÊ ACHOU DA NOSSA MATÉRIA!