VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Dez perfumes que eu não usaria e o Por Que?

Já vou avisando que a lista pode ser polêmica mas não vai parar por ai pois, eu sou enjoadinho para fragrâncias e , em alguns caso eu até passo a odiar com todas as forças. Dessa lista tenho destaques como Decibel e Womanaty que, são dois perfumes que não me incomodam a quilômetros. Vamos ver com quantos vocês concordam:
1) 212 VIP Men de Carolina Herrera 
212 VIP Men Carolina Herrera Masculino
Pode parecer um sacrilégio para alguns mas, 212 VIP MEN não desce. Ele me enjoa logo na saída. Por incrível que pareça eu amo menta, hortelã, passiflora, pimenta , gengibre, limão, realmente sou fã de especiarias e aromáticos mas, ele não desce. Sempre atribui meu desafeto com essa fragrância ao Caviar, que realmente nunca entendi  porque esta na piramide olfativa, já que é um aroma forte e enjoativo porém, não conheço a essência de caviar que a industria de perfumes usa então, fica meio sem nexo dizer que é por isso. Também odeio cheiro de Vodca, sempre me enjoou. Mas a explicação mais plausível é a associação que faço deste perfume com 1 million,  que é um dos perfumes que esta no topo dos que mais me desagradam.  

2) Euphoria de Calvin Klein



Euphoria Calvin Klein Feminino
Euphoria é outro dos perfumes que deveriam estar entre os meus preferidos , já que orquídea, violeta, musk e mogno são essências deliciosas mas, na minha pele não rola, o perfume fica picante, adocicado, ambarado e enjoativo. Tentei dar chances para ele e sempre acabava sufocado, como se o perfume estivesse além das possibilidades de assimilação do meu olfato. Ao contrario do que acontece, não consigo gostar dessa fragrância nem em outras pessoas, me incomoda,  apesar de acha-lo sensual, não é um perfume que me deixe a vontade. 

3)1 Million de Paco Rabanne 

1 Million Paco Rabanne Masculino
Sabe quando o perfume chega a um ponto em que seu olfato não aguenta mais sentir. O fenômeno 1 Million foi meu carrasco. Toda a badalação da fragrância trouxe versões, contratipos, imitações e hinode. Como se não bastasse Christophe Raynaud libera geral com The Secret e The Golden Secret de Antonio Banderas. Raynaud , que é co-criador da fragrancia de Paco Rabanne abriu as pernas e o resultado foi uma festa. Tirando a popularidade , tecnicamente ,  por ser amadeirado especiado , o perfume teria tudo para me agradar só que , antes das imitações e copias, 1 million era insuportavelmente intenso, ambarado, quente e me remete a homens encharcados em bebida, insuportavelmente chatos e querendo conquistar uma garota mostrando o dinheiro que não tem. Enfim, é cheio de memórias olfativas ruins e eu corro léguas.

4)Prada Candy de Prada

Prada Candy Prada Feminino

Até hoje tento entender qual o objetivo de Prada Candy.  Será que criaram para ajudar modelos anoréxicas a ganhar peso?  Ou para ser utilizado por pessoas que sofrem com hipoglicemia? Pra que tanto Caramelo meu Senhor?Notas atalcadas e Benjoim  poderiam formar fragrâncias tão elegantes,  como o proprio Infusion d`Homme de Prada, que Daniela Andrier criou com tanta maestria. 

Nesse caso , a perfumista que coleciona indicações a prêmios internacionais quis criar a versão top sensual das patricinhas Prada, e o resultado não foi nada legal. 

5) Versace Pour Homme de Versace 

Versace Pour Homme Versace Masculino

O queridinho dos de 3 entre 10 apreciadores de fragrancias nos grupos da net , é um Avon com pedigree , é um Aromático Fougére que toda casa de perfumes tem pelo menos um pois é fácil de se gostar e pratico de usar. Sem dúvida o trabalho de Morillas  sempre adiciona um "algo mais" nas fragrâncias porém  a tão denegrida Avon já tinha proposto algo semelhante em 2002 com Trekking , 2006 com  Derek Jeter Driven, 2005 com Mito. Agora convenhamos pelas  mãos  Jean-Pierre Bethouart  a Versace viu coisa melhor, Versace Blue Jeans, e Carlos Benaim sempre vai ser referência com Polo Blue.Devido à qualidade dos perfumes citados, e pela falta de originalidade, 
Versace Pour Homme não é um perfume que me encante.


6)A*Men de Thierry Mugler
A*Men Thierry Mugler Masculino

A como eu gostaria que esse perfume não fosse tão carregado . Que o Patchouli e o café não fossem tão enjoativos. Que fosse mais rico em especiarias e lavanda, mais madeiras e menos caramelo, fava , baunilha, mel. A" Men é todo perfeito em sua proposta, é exótico, adocicado, metrossexual só que é exagerado. Talvez nas primeiras aplicações, o lado chamativo possa ser um atrativo  só que logo você vai deixando de lado para tentar coisas mais usuais. Enfim, meu primeiro vidro desta fragrancia foi interminável, não achava mais ocasião para ele, e com Angel bombando entre as mulheres , tudo se confundia. Hoje ele é apenas um enfeite que não consigo me desfazer por causa do frasco tão lindinho, mas  usa-lo, não rola mais.

7) Dior Homme Intense de Christian Dior
Dior Homme Intense Christian Dior Masculino
 Francois Demachy  é ótimo mas , para a casa Dior, ele tem o péssimo hábito da reformulação. E parece que ele tem o Dom de transformar o ótimo em ruim em um passe de mágica. Foi assim com Dior Homme Intense. A versão 2007 era tão gostosa que eu nunca imaginei que poderiam reformula-la e em 2011 Demachy apresenta uma versão com café e cheiro de caixa de maquiagem. Fora da casinha! Que não casa com o calor dos trópicos e não combina com qualquer homem. No meu caso, desde a ultima versão , detesto DHI com todas as forças.É um perfume que me dá até caibra . Nem nos momentos mais formais ele consegue me agradar. Sinto-me como se tivesse acabado de passar pelo maquiador porém, a ausência de baunilha é algo que pode ser descrito como favorável pois , se além de cheiro de maquiagem, café torrado ele fosse carregado na baunilha, não teria público nem entre a galera LGBT.

8)Womanity de Thierry Mugler
Womanity Thierry Mugler Feminino
Womanity é , sem dúvida o perfume que eu mais detesto. Não sei como  uma composição pode dar tão errado, parece que os perfumistas resolveram que iriam colocar o pior liquido do mundo em um dos frascos mais lindos que eu já vi. Dez minutos perto de alguem usando-o equivalem a uma hora de tortura a base de chicote e regado a água e vinagre. Alguns reclamam do aroma vintage de La Perla mas, pelo menos é um perfume com público, objetivo e razão de existir. Womanity  pode até agradar algumas pessoas, mas é uma composição que poderia ter sido colocado em um frasco de plastico reciclável e vendido com aromatizante anti tabaco.

9)Glow de Jennifer Lopez 
Glow Jennifer Lopez Feminino
Não entendo Louise Turner, uma perfumista que consegue trazer  Versus Time For Relax,  Fahrenheit 32, Love de Chloe,  Roberto Cavalli Eau de Parfum e Good Girl de Carolina Herrera, totalmente versátil, antenada , perfeccionista e, cria um " inho ".  Não sei se essa proposta de floral feminino é algo que excede o romântico e acaba se tornando algo para mulheres que amam floreeeees mesmo, mas esse seria o perfume floral que mais me incomodaria em uma mulher. Ele não tem  um só estágio nas flores. São quilos e quilos de aroma de flor de laranjeira regado a almíscar, jasmim e xuxu a vontade. Estragaram as rosas,  gastaram baunilha a toa e não entendo pra que utilizar âmbar se a fragrância  não deixa nem o sândalo dar o ar da graça. É broxante! Pra evitar qualquer possibilidade de sexo, a não ser que o companheiro adore uma floricultura.

10) Decibel de Azzaro
Decibel Azzaro Masculino
Tem horas que eu me pergunto por que o perfumista não poderia ter largado de criar uma fragrancia horrorosa e ir fazer uma faxina em seu apartamento? A equipe que concebeu Decibel não entendeu a proposta mesmoooooo. É mais um caso de frasco desperdiçado com um fragrância intragável. Eles não se contentam com os exageros. Incenso de mais, baunilha e fava de sufocar e, fala serio, por que aldeídos? já não era forte e rançoso o suficiente? tinham que avacalhar?  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE O QUE VOCÊ ACHOU DA NOSSA MATÉRIA!