VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

domingo, 18 de setembro de 2016

DEZ ÓTIMAS RESENHAS EM VÍDEO PARA QUEM CURTE Old School - By Shiva

Quando me pediram para gravar a primeira resenha em vídeo em nome do E.S.P. Fui diretamente influenciado pelos amigos dos grupos de perfume do ZAP  (meus maiores e melhores contatos),  e ainda protelei por um ou dois meses. Nesse tempo fui conhecendo os canais de youtube pois, confesso agora, que não assistia e nem tinha nenhuma intensão de assistir.Porém precisava de referencias. Quanto mais adentrava a esse universo de imagens , mais decepcionado e traumatizado ficava. Não por que os resenhistas eram ruins, mas pela quantidade de informação que não faria a diferença a quem realmente gostaria de comprar um perfume por indicação . As impressões olfativa eram repetitivas, parecia ter sido copiadas de um panfleto de promoção e sempre notava que a aparência da ou do resenhista contava mais que a própria resenha. A incrível quantidade de comentários maldosos e invejosos aliada a discussões desnecessárias, direcionadas ao autor do vídeo , também me faziam tentar fugir desse meio de comunicação. Precisei, realmente, desfazer-me de preconceitos e "botar a cara no sol" pois, Beleza eu não tenho! Paciência pra "abobrinhar", muito menos. O que me restava era um velho computador , meu conhecimento técnico e "camisa preta", já que os vídeos do youtube te transformam em um monstro em segundos (rosto gorducho, dente manchado, e  cabelo sempre por cortar, fora a voz horrorosa .Tinha certeza que não iria passar do primeiro . O desastroso primeiro vídeo foi de 25 minutos, o áudio ficou péssimo, ninguem conseguiu entender a minha apresentação profissional e demorei quase um dia pra passa-lo para o canal. Como já sabia que ninguém iria ver mesmo, segui meu rumo e fui surpreendido pelo comentário da linda Carol Lucas. Resolvi então gravar outro, mas tentei limitar o papo a 10 minutos, coisa que para mim é quase um milagre. Quase melhorou! Como minha coleção é extensa e a um considerável tempo sou amante e estudioso dos perfumes, aliei minha formação profissional e fui gravando... uns vídeos  bons...outros nem tanto, porém sem desviar a atenção do meu trabalho escrito,que é feito aqui no nosso Blog. Num desses vídeos gravados recebi um elogio do Shiva e fui conhecer o trabalho dele. Mega show...super produção aliado, um resenhista simples, sincero ,franco desprovido de preconceitos e fazendo comparações quase que poéticas às fragrâncias. Resenhas que iam de Chanel a Avon, impressões olfativas interessantes, e uma apresentação impecável. Não perdia muito tIpo descrevendo o frasco do perfume, nem descrevia a pirâmide olfativa do Fragrantica pra dizer que conhecia todas as notas. De pouco a pouco fui tentando aprender um pouco do modo "Shiva" de fazer mas sempre mantendo minha grande e gorda cara de pau, e falando nos vídeos o que eu realmente sinto.Afastei-me um pouco dos vídeos ( não se iludam... depois de um ano longe dos vídeos continuo ruim) .Inscrito no canal do colega, Shiva Tantrika, trocamos uma ou outra mensagem no face, descobri que ele apreciava meu trabalho e decidi lançar uma TAG no ar para todos os resenhistas conhecidos. Só o Shiva aceitou...o Ego ou a falta de vontade de atender a tão esdruxulo desafio, aliado a pouca sensibilidade ao resenhar, não permitiram que alguns  tão apreciados colega de youtube  organizassem um simples desafio: " ligar perfumes a música", demonstrando que existe sentimento por traz das fragrâncias. Fiquei tão surpreso com a sensibilidade do vídeo que ele gravou, tamanha a sua capacidade " quase teatral" , de levar sentimento aos vídeos e fazer , de uma simples resenha perfumistica, um momento em que você viaja na fragrância , que até resolvi voltar a gravar ( tudo tem seu lado ruim ,não é?). Convidei o Shiva para participar do E.S.P, escrevendo em uma coluna entretanto, muito educadamente ele afirmou não gostar "muito" de escrever resenhas sobre perfumes, ou seja,, seu ramo são os vídeos. Propus uma coluna em vídeo e ele topou ( a Carolzinha tambem topou geeenteee... vamos ter resenhas da Carol Lucas aquiiiii). Para começar a coluna do Shiva aqui ...selecionei os dez melhores vídeos dele, na minha opinião e vou fazer breves comentários para que fique tão show quanto os vídeos. Vamos Lá!?

1) ZINO DAVIDOFF - "Davidoff" - RESENHA (BR)

Zino é, antes de tudo, um estilo de vida...uma assinatura... algo que marca a vida de um homem e faz parte de sua própria personalidade.Não é um amadeirado oriental comum, é uma referência e uma experiencia no conceito de oriental amadeirado. Resistir a potência do patchouli e lavanda que invade as narinas em segundos , sendo seguido de um floral amadeirado adstringente e másculo...passar pelas rosas e a baunilha e, após horas, sentir sândalo, ligado a uma lavanda adocicada e com madeiras secas , lembrando resquícios de fumaça de charuto adentrando ao salão de bailes onde homens elegantes vestem terno, usam lavanda inglesa e conversam com belas damas em vestidos perfeitos, perfumadas com águas de rosas e essência de baunilha aspergidas sobre os cabelos para que os cavalheiros sintam que ao mesmo tempo são damas e sedutoras. Esse é o Zino que a Davidoff concentrou em um perfume que é pura demonstração de poder e determinação aliada ao bom gosto.


2) GIORGIO Beverly Hills For Men - RESENHA


Uma fragrância que é um elo entre o conceito de perfume masculino e a década de 80.Giorgio Men não tem um comportamento idêntico em todas as peles, e nem se enquadra nos padrões de oriental amadeirado masculino e o moderno e versátil homem atual. Mesmo descontinuado continua a ser simbolo de status e virilidade. O fato engraçado aqui é que sua piramide olfativa foi concebida para demonstrar os novos rumos que o homem tomaria no futuro. Abertura fruta aldeídica ( a transição entre o homem tradicional para o homem moderno, mais sensível , com um olhar voltado para a vaidade).No coração ele misturaria sua masculinidade pungente (cravo, canela) e seu romantismo ( patchouli, rosa, madeiras e mel); Nas notas de fundo ele demostraria modernidade, doçura, capacidade de adaptação e poder de sedução. O incrível aqui é que , por mais que ele mude de homem para homem,as facetas são as mesmas e destacam o lado mais intimo de cada homem que consegue seu valioso 


3 - TSAR - Van Cleef & Arpels - RESENHA


Perfumes amadeirados costumam agradar a homens de personalidade forte. Tsar é um exemplo típico de ame-o ou deixe-o.
Suas Notas de abertura são bastante verdes. A Artemisia ( Herbácea e amarga) se junta ao coentro e a lavanda dando um aroma forte e másculo. A Bergamota e o óleo de neroli dão a fragrância cítrico sentido bem no inicio. O verde logo se mistura com as especiarias cravo e cominho ( que tem freguesia certa ) e o lírio, Jasmim e a rosa deixam o fundo levemente floral.
O que vem depois é uma fixação amadeirada com o dominio do cedro e carvalho, o ambar deixa o fundo ainda mais forte e nem as notas de coco, patchouli e musk conseguem adocicar o perfume. A nota de couro é só um enfeite.
O resultado é um perfume muito másculo e forte, para homens de personalidade e que não costumam variar perfumes. Não é a toa que os clientes de Tsar são cativos.Para o homem determinado, elegante e sedutor. Particularmente parece a versão mais verde e intensa do Jazz, e diga-se de passagem, que perfume! Preferido de Donald Trump.
Um clássico amadeirado e bem verde, assim como o frasco. Notas de abertura com a artemísia mesclada a notas verdes e lavanda, o que causa aquele tom herbal, verde e fougere.
Passado alguns minutos o coração continua com esse aroma verde, herbal só que com leves nuances florais, leves, que combinam perfeitamente.
O fundo na secagem, amadeirado pelo sândalo e patchuli ,com a presença do couro e do musgo dando aquele ar mais clássico e elegante, como os perfumes dessa década, acho o melhor perfume verde clássico.


4) AZZARO pour Homme - RESENHA


5) DRAKKAR NOIR - Guy Laroche - RESENHA (BR)


6) INSENSÉ ULTRAMARINE - Givenchy - RESENHA




7) TRUTH MEN - Calvin Klein - RESENHA (BR)



8) CHANEL19 - NOVA EDIÇÃO de RESENHA (longa)





9) FAR AWAY INFINITY - Avon - RESENHA


10) TAG: PERFUMES & MITOS DE MÚSICA by Giani Zalenski

3 comentários:

  1. Merecida homenagem feita ao Shiva pois suas abordagens perfumisticas são bem diferentes e interessantes em face de seu conteudo repleto de inserçoes culturais além de ter uma prosa agradável e pausada (talvez por pertencer a uma geraçao anterior às atuais mais acostumadas aos videos do youtube). Ao autor do texto tb deixo meus elogios pelas resenhas ja feitas, principalmente as postadas no Fragrantica Brasil pois as vezes nao vemos uma resenha sequer no internacional sobre perfumes não tão falados que nos interessam e quando vamos ao Fragrantica Brasil tem uma do Giani la pra nos dar sua visão sempre interessante. abç aos dois. Ricardo de BH

    ResponderExcluir
  2. O Shiva faz poesia em suas resenhas! Parabéns, querido Shiva!

    ResponderExcluir
  3. Homenagem justa! Parabéns Shiva!

    ResponderExcluir

COMENTE O QUE VOCÊ ACHOU DA NOSSA MATÉRIA!