sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Indicados para melhor perfume masculino do ano 2017 ( ano de lançamento)

1) Prada L'Homme Intense


Resultado de imagem para Prada L'Homme Intense


Eu sempre fui fã de Prada L'Homme. Acho um perfume delicioso e totalmente diferenciado. Agora Prada L'Homme Intense é outra história. Ele é maravilhoso! Toda a genética de Prada L'Homme foi mantida mas a fava é bem mais pungente, ela mistura-se a fragrância deixando-a mais intensa realmente, mais elegante. A Iris não é enjoativa e faz um casal muito bom com o patchouli. É no Patchouli que a fragrância fica ainda mais elegante porém não foge da proposta inicial, o que é ótimo. Na piramide consta notas de couro, bem , essa versão intensa tem algo mais que fava pronunciada, uma evolução confortável e segura que só pode ser atribuída o couro. É uma das melhores fragrâncias de 2017. Realmente poderá concorrer aos melhores do ano.



2) Luna Rossa Carbon de Prada 
Resultado de imagem para Luna Rossa Carbon de Prada

Com qual se assemelha? 
Sauvage da Dior

Diferencial: Mais fresco com um carga sintética que pode variar de pele para pele. 

Vantagem:

Pode substituir o Sauvage e tem um preço mais acessível. Também pode ser uma alternativa para quem usa diariamente o Dior e quer revesar tendo algo parecido porém não igual.

3) A*Men Kryptomint de Mugler
A*Men Kryptomint Mugler for men

Agradabilíssimo! Falo como um fã de fragrâncias que destacam hortelã-menta e sálvia. As duas notas destacaram-se em minha pele logo de início logo segue uma quantidade de patchouli e uma carga gostosa de baunilha com fava. Nesse ponto o bichinho é delicioso, com uma nuance lembrando rosas frescas, bem leve, imersa no frescor gélido e delicioso.Quase não senti chocolate, apenas um toque gourmand com a sensualidade de grãos torrados. Não é um perfume que modifica-se ao extremo com o tempo. Ele é cool! Muitos o comparam ao ultra zest , acho que não tem tanto patchuli quanto o zest mas está na mesma linha. O tipo de fragrância que eu conseguiria usar um frasco todo.

4) Gucci Guilty absolute (2017)
Resultado de imagem para Gucci Guilty absolute

Uma fragrância pouco comum porém máscula e diferenciada. Já é minha referência em couro, mesmo que a abertura assuste um pouco e que não esteja casado com nada do convencional, Guilty absolute evolui deliciosamente envolvendo a pele em um manto linear, intenso e sublime.
Resumo a fragrância em uma saída em que o cipreste trava uma luta com o patchouli e o couro, lembrando  o tal "medicinal" que todos referem-se. Logo o couro , patchuli e vetiver ( que proporciona uma beleza notória às notas amadeiradas)  ganham uma linearidade que realmente resume a fragrância deixando-a máscula, elegante e diferenciada, com ótima longevidade e projeção.
Absoluto!

5) Valentino Uomo Noir Absolu de Valentino (2017)
Resultado de imagem para Valentino Uomo Noir Absolu

Confesso que ele não é o meu preferido porém  entendo que os especialistas que estão apontando a fragrância com grande ânimo tem sua razão. Eu amo a canela e a nuvem esfumaçada adocicada que ganha forma junto a o que acredito ser sândalo influenciado pelos acordes de incenso. Eu diria que, por não ser nem um pouco fã das outras versões mais comuns de Valentino Uomo e essa realmente seria uma fragrância que cobriria meu inverno tranquilamente. Vale a pena em todos os aspectos principalmente na longevidade.