VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quinta-feira, 9 de junho de 2016

CEDRO E VINHO de Charne Essência

Perfumista : Fabiano Js


Diminui o ritmo de aquisições e comecei a tentar entender meu gosto ou desgosto por perfumes. Durante essa jornada , que começou aos meus quinze anos, época em que.descobri que seria um amante dos liquidos preciosos e seus lindos frascos, per durando atė hoje, passando por uma faculdade de farmacia em que foquei cosméticos e perfumes, passou pela especialização e culminou  no que sou hoje, nos meus conceitos. Nao acho interessante destacar aspectos cientificos mas, o amor pelos preciosos deu-me pequena bagagem para opinar sobre as.produções da perfumaria mundial.  Hoje quero dar minha singela indicação a esse precioso da foto. Cedro e vinho da Charme Essência que me encantou e me encanta cada dia mais. Quando o perfumista Fabiano me mandou a amostra eu me deletei logo de inicio porem sou do tipo que amostra tem que ser de grande quantidade , ver o comportamento em cada uma das ocasiões, climas e fatores que fazem a diferença. Fui presenteado pela empresa, que criou minha linha exclusiva e que posso.afirmar, de cátedra, fizeram um trabalho exímio. Pensei, logo que usei C&V "sera que só eu sinto esse aroma que me anima e alegra?". Entao, com dor no coração fui mostrando a amigos e colegas, colhendo impressões, me informando. Em um caso especifico a pessoa nao se agradou, infelizmente ele é acometido de uma doenća que muda o cheiro da pele e , realmente, nao colou! As impressões me deixaram ainda mais intrigado. Cheiro de suco de uva? Cheiro de madeira molhada? Cheiro de incenso? AMADEIRADO OU ADOCICADO? Como essa composicao pode ser tao simples e tao enigmatica ao mesmo tempo? 
Um dia ,comentei com esse perfumista que ,suas fragrancias eram apuradas e nao facilmente cairia no gosto popular. Ele me respondeu, resumidamente, que nao buscava a popularidade e sim o ato de criar, algo concepcional, algo que sempre terá apreciadores por ser "diferenciado". Divagações a parte, fiz três aplicações dessa maravilha  em tempos diferentes para entender as fases desse oriental amadeirado masculino com detalhes quase frutados.
É inevitável perceber o aroma de vinho tinto suave, diria de boa safra, se entendesse do assunto. Ele se mistura com uma fruta que me lembrou muito mesmo umas laranjinhas que eu comprava na feira pra comer, saboroso, gustativo, simplista.
É uma fase que evolui rapido, nisto entendi os homens que provaram e perguntaram se a fragrancia era feminina. A saída é convidativa, fala de alegria , de vontade de viver, de estilo e festas regadas a salto alto e homens bem vestidos. A segunda fase é algo que deixa C&V enigmatico, ele fica com aquele vinho leve e parece incensar, um incenso doce amadeirado e sensual. A mirra grita em meio ao amadeirado e o vinho que, agora, lembra algo mais maduro, seguro, determinado. É soberbo o adentrar no amadeirado de um aroma inigualável de patchouli. Um dia perguntaram, nesse grupo, como eu poderia descrever um perfume por notas. Pra a pessoa em questāo, o uso do eu científico se sobressai aos costumes e ao conhecimento adquirido na vivencia. Reconheço patchouli ,âmbar, almíscar e vetiver  em qualquer fragrancia que conte-los e que tenham como objetivo um destaque dos mesmos. Nesse ponto eu digo que chegamos ao jeito Fabiano de criar. Um coração que é puro mistério,  oriental no sentido amplo da palavra. Imagine-se em um local místico oriental, onde a mirra exala em meio a bancos rústicos de madeira de cedro e taças cheias de vinho em cada mesa. O aroma do arranjo de sua mesa exala um adocicado das.folhas secas que servem de base para uma vela perfumada onde voce identifica a.deliciosa presença de uma fruta. Esse é o coração de C&V. Um convite às noites agradáveis em um local único. Em seus ultimos suspiros C&V acha um espaço especial para mesclar um toque de madeira que sempre esteve lá mas resolveu ser coadjuvante no gran finale. Termina assim, amadeirado envolvido entre um  patchouli e resquícios de mirra. Imagino-me saindo desse elegante local que descrevi, com o.casaco impregnado do aroma da mirra e da vela frutada. Caminhando, sigo por um arboredo outonal com folhas secas e a madeira orvalhada. 
 Só nao vou descrever o beijo por que vai ficar gay de mais.
Amei, recomendo conhecer... parabenizo o criador e a casa pelo tao fino bom gosto.
PS. Longevidade  e projecão. moderadas
Os interessados podem conhecer as produções dessa casa de nicho nacional pelo site:
http://www.charmeessencia.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE O QUE VOCÊ ACHOU DA NOSSA MATÉRIA!